quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Lopetegui exibe confiança no Real Madrid e minimiza saída de Cristiano Ronaldo

Depois do histórico tricampeonato europeu conquistado sob o comando de Zinedine Zidane, o Real Madrid vai abrir a sua campanha na edição 2017/2018 da Liga dos Campeões nesta quarta-feira, às 16 horas (de Brasília), contra a Roma, no estádio Santiago Bernabéu, em um torneio que será naturalmente emblemático para o clube. Primeiro pelo fato de que o time jogará pela primeira vez a competição após a saída de Cristiano Ronaldo, que fez história nas campanhas dos últimos troféus continentais do clube e também na conquista do torneio na temporada 2013/2014. E também porque a equipe passou a ser dirigida por Julen Lopetegui, contratado como substituto do treinador francês após o surpreendente pedido de demissão do ídolo dias após o tri.

Nesta terça-feira, em entrevista coletiva, o novo comandante exibiu confiança de que o time tem condições de buscar o tetracampeonato e sua 14ª taça da competição. “Começamos a Champions com muito entusiasmo por uma competição que não preciso explicar o que significa para nós e o que o Real Madrid significa para a Liga dos Campeões”, afirmou.

Lopetegui assumiu a equipe madrilenha de maneira conturbada, pois acabou sendo demitido da seleção da Espanha às vésperas do início da campanha do time nacional na Copa do Mundo da Rússia após negociar sua ida para o clube sem o conhecimento prévio dos dirigentes da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF).

E agora o novo treinador Real reconhece que tem uma “grande responsabilidade” ao ser o escolhido para tentar manter a fase altamente vencedora do time. “É preciso tirar o chapéu ao Real Madrid, ao elenco que ganhou três Champions consecutivas e ao seu técnico (Zidane), um reconhecimento absoluto”, disse.

Já ao comentar a ausência de Cristiano Ronaldo, contratado pela Juventus após o término da última temporada europeia, Lopetegui destacou que não adianta ficar lamentando a saída do astro português e também que vê o seu time pronto para seguir brilhando mesmo sem a presença do decisivo atacante.

“Somente nos concentramos em nosso elenco, que nos encanta e está preparado para lutar por todos os títulos. Estamos convencidos de que vamos fazer uma grande jornada em todas as competições”, ressaltou.

Já ao falar sobre o que espera para o jogo desta quarta-feira, Lopetegui disse que vê uma Roma mais forte do que a da temporada passada, quando a equipe italiana eliminou o Barcelona nas quartas de final e foi superada pelo Liverpool na semifinal.

“É uma equipe que está melhor e o elenco é mais completo e amplo agora”, afirmou o comandante, que depois enfatizou: “Espero um rival mais forte do que foi no ano passado e um jogo duro. Vai nos colocar em dificuldades e nos obrigar a fazer um grande esforço para vencê-los. Espero enfrentar um time ambicioso e agressivo”.

Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com