terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Ibovespa fecha em queda de 2,33% com cenário eleitoral no foco

O resultado da mais recente pesquisa Datafolha gerou um forte movimento de aversão ao risco no mercado de ações e o Índice Bovespa perdeu 2,33% do seu valor hoje, para 74.656,51 pontos. A conclusão foi que o levantamento apontou para o aumento das chances de vitória de um candidato de esquerda na eleição presidencial, o que motivou as ordens de venda, determinadas principalmente de investidores estrangeiros.

Analistas ouvidos pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, citaram entre os pontos negativos na pesquisa Datafolha o crescimento das intenções de voto em Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT), o aumento da taxa de rejeição a Jair Bolsonaro (PSL) e também a queda de Marina Silva (Rede), uma vez que a ex-senadora é tida como candidata de centro. Geraldo Alckmin, considerado o mais alinhado a uma agenda de reformas, mostrou reação discreta e continuou como dúvida para o segundo turno. O mal estar foi acompanhado pela expectativa por outra pesquisa esperada para o dia, a do Ibope/Estadão/TV Globo, a ser divulgada ainda hoje.

A queda do Ibovespa foi conduzida principalmente pelas ações do setor financeiro, que refletem em boa medida o risco político, além da liquidez elevada. Nesse grupo, o destaque foi Itaú Unibanco PN. O papel, que caiu 3,44%, respondeu pelo maior volume de negócios na bolsa, somando R$ 588,2 milhões. Banco do Brasil ON perdeu 4,53%, mas movimentou bem menos – R$ 337,7 milhões.

“Com investidores estrangeiros reduzindo suas posições em ações, os papéis de Itaú Unibanco acabaram sendo a grande porta de saída da bolsa hoje”, disse Eduardo Guimarães, especialista em ações da Levante Ideias de Investimento. Segundo ele, a surpresa com os dados mais recentes esteve principalmente no fato de a esquerda não ter se enfraquecido após o ataque a Bolsonaro, na última quinta-feira (6).

Entre as 65 ações que fazem parte do Ibovespa, somente três terminaram o dia em alta. Foram as exportadoras Embraer ON (+0,60%), JBS ON (+0,32%) e Fibria ON (+0,22%) – todas refletindo a forte alta do dólar.

Para Guilherme Macêdo, sócio da Vokin Investimentos, a queda desta terça-feira foi exagerada, mas pode ser considerada em parte como uma correção à alta da quinta-feira, quando o Ibovespa subiu 1,76%, após o ataque a Bolsonaro. “Houve uma redução no otimismo do mercado, mas ao mesmo tempo ainda é cedo para ter clareza sobre alguns pontos, como o potencial de transferência de votos de Lula para Fernando Haddad”, disse Macêdo.

Autor: Paula Dias
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com