domingo, 23 de setembro de 2018

Notícias

In:

Ibovespa fecha em alta de 1,76% após ataque a Bolsonaro

Um movimento especulativo gerado após a notícia do ataque a Jair Bolsonaro fez o Índice Bovespa disparar na última hora de negociação do pregão desta quinta-feira, 6. O índice, que vinha oscilando em alta moderada, chegou a subir mais de 1.000 pontos em um curto espaço de tempo e fechou em alta de 1,76%, aos 76.416,01 pontos. Os negócios somaram R$ 8,73 bilhões.

O movimento brusco pegou profissionais do mercado de surpresa e operadores citaram indícios de um movimento de “manada”, no qual investidores ingressam na onda compradora mesmo sem grande convicção dos desdobramentos da notícia recém-chegada. Em meio ao clima especulativo, foram diversas as teorias para explicar a disparada da bolsa. O enfraquecimento da esquerda foi um dos pontos mais citados pelos analistas. Mas uma predileção do mercado pelo candidato do PSL, no entanto, dividiu os analistas.

“É cedo para sabermos quais serão os desdobramentos desse episódio e que repercussão ele terá. O fato ajuda ou prejudica Bolsonaro? Ele seguirá na campanha ou terá de se afastar? São questões que estão em aberto e não faz sentido a bolsa ter subido tanto”, disse Shin Lai, estrategista da Upside Investor.

Para Lucas Claro, analista da Ativa Investimentos, a reação positiva do mercado de ações pode refletir a percepção de enfraquecimento de Fernando Haddad, potencial candidato do PT, no lugar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “O mercado tem preferência por um candidato alinhado à agenda reformista, mas também mostra que prefere tudo, menos o PT. Nesse cenário, Ciro Gomes continua como uma possível segunda força”, afirmou.

No que diz respeito a Bolsonaro, as especulações giraram em torno do fortalecimento da candidatura dele até o afastamento do presidenciável da campanha, que poderia abrir espaço no segundo turno para mais um nome. À medida que o noticiário avançava, as especulações se intensificaram e levaram o Ibovespa futuro a entrar em leilão, ao subir mais de 4% nos minutos finais.

A alta do Ibovespa foi generalizada, tendo como destaque as blue chips do setor financeiro e de commodities. Vale ON subiu 2,55%, Itaú Unibanco PN avançou 2,53% e Petrobras PN, 1,82%. Na mínima do dia, o Ibovespa chegou aos 74.986 pontos (-0,14%). Na máxima, atingiu 76.533 pontos (+1,92%).

Pela manhã, o Ibovespa oscilou em pequenos intervalos, com poucas referências para operar. A divulgação da pesquisa eleitoral Ibope/Estadão/TV Globo trouxe poucas novidades e, por isso, acabou por afastar especulações dos dias anteriores. “Os candidatos oscilaram dentro da margem de erro, à exceção de Ciro Gomes. Com isso, a expectativa fica com os próximos levantamentos, que devem refletir melhor o início da campanha eleitoral na TV”, disse Vitor Suzaki, analista da Lerosa Investimentos.

Autor: Paula Dias
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com