quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Notícias

In:

Gabriel faz três, Santos bate o Vasco no Maracanã e chega à 3ª vitória seguida

Com três gols e uma atuação de gala, o atacante Gabriel decidiu a favor do Santos e comandou a vitória do time por 3 a 0 sobre o Vasco neste sábado, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, em duelo da 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Desorganizado, o time carioca viu o Santos dominar a partida e chegar ao triunfo com facilidade.

O resultado favorável foi conquistado com dois belos gols de Gabriel, fruto de duas finalizações que morreram no canto direito do goleiro uruguaio Martín Silva, além do tento que fechou o placar no final da partida no lance em que Gabriel só teve o trabalho de completar cruzamento para as redes. Com os três gols na atuação magistral, o atacante santista foi a 10 e empatou com Pedro, do Fluminense, na artilharia da competição.

Com a cabeça no lugar, os santistas aproveitaram a fragilidade do rival carioca, que teve desempenho desastroso, para chegar ao terceiro triunfo seguido na competição nacional e subir cinco posições na tabela de classificação, assumindo, no momento, a nona posição com 27 pontos. O Vasco, por outro lado, acumula o segundo revés seguido e fica na 16.ª posição com 24, apenas um lugar acima da Chapecoense, que abre a zona de rebaixamento.

O triunfo, além de ampliar a boa fase do Santos e alçar a equipe na tabela de classificação, serve para quebrar o tabu de não vencer o Vasco no Maracanã desde 1969, quando Pelé ainda atuava pelo time da Vila Belmiro.

O fato curioso é que os times ainda não se enfrentaram no primeiro turno. Ou seja, este jogo válido pelo segundo turno da competição aconteceu antes que o do primeiro. O confronto, pela terceira rodada, deveria ter sido realizado entre os dias 28 e 30 de abril, mas as equipes tinham jogos pela Copa Libertadores em datas muito próximas, o que fez a CBF adiar o duelo.

A partida foi remarcada para 16 de julho, um dia depois da final da Copa do Mundo da Rússia, mas teve de ser novamente adiada pois o Vasco teve compromisso nesta data diante do Bahia, pela Copa do Brasil. O confronto, então, foi agendado para o dia 27 deste mês, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Os dois times voltam a campo pelo Brasileirão nesta quinta-feira. O Santos recebe o Grêmio às 19 horas, no estádio do Pacaembu, e o Vasco visita o América-MG às 20 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

O JOGO – Os mais de 30 mil torcedores que foram ao Maracanã na intenção de ver o Vasco voltar a vencer no Brasileirão se decepcionaram grandiosamente. Viram um time apático, desorganizado e que foi presa fácil para um Santos bem postado, eficiente e que contou com o talento e poder de finalização de Gabriel, o craque da partida com três gols.

O gol de Gabriel foi o principal lance da primeira etapa, que mostrou dois times com dificuldades para criar. A diferença é que o Santos se defendeu bem e soube explorar as fragilidades do adversário carioca até abrir o placar cedo, aos quatro minutos. No lance, o atacante santista recebeu cruzamento de Dodô e finalizou de primeira, com categoria, no canto esquerdo de Martín Silva.

O time cruzmaltino até apresentou alguma melhora após o gol, com maior volume de jogo, mas seguiu errando muitos passes e conseguiu se impor ao ponto de pressionar os visitantes, dependendo de alguns lampejos individuais de Kelvin e Maxi López.

Na etapa final, o sofrimento do Vasco foi ampliado com o show de Gabriel. Com a apatia e a desorganização vascaína, o time do técnico Cuca matou a partida no contra-ataque, definidos com precisão pelo atacante cria das categorias de base do Santos.

O segundo gol se assemelhou muito com o primeiro, ao passo que Gabriel acertou outro arremate de primeira, de canhota, no mesmo canto direito do goleiro vascaíno. A diferença é que o uruguaio Carlos Sánchez foi o autor da assistência desta vez para o gol marcado aos 21 minutos.

O gol que derrubou o Vasco de vez e sacramentou o triunfo santista foi marcado aos 36 minutos, quando o paraguaio Derlis González, que acabara de entrar, fez belo lance individual e rolou para Gabriel, perseguido por Luiz Gustavo, tocar de primeira para o fundo das redes e definir o seu show particular no Maracanã.

O time cruzmaltino deixou o campo ao som de vaias e o tradicional “time sem vergonha”, vindo da maioria da torcida nas arquibancadas do Maracanã.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 x 3 SANTOS

VASCO – Martín Silva; Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Andrey (Andrés Ríos), Raul e Wagner; Yago Pikachu, Kelvin (Thiago Galhardo) e Maxi López. Técnico: Alberto Valentim.

SANTOS – Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez (Jean Mota); Eduardo Sasha (Derlis Gonzáles), Rodrygo e Gabriel. Técnico: Cuca.

GOLS – Gabriel, aos 4 minutos do primeiro tempo; Gabriel, aos 21 e aos 36 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Maxi López (Vasco); Dodô (Santos).

ÁRBITRO – Bráulio da Silva Machado (SC).

RENDA – R$ 871.670,00.

PÚBLICO – 31.666 pagantes (33.646 no total).

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Autor: Ricardo Magatti, especial para a AE
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com