terça-feira, 20 de novembro de 2018

Notícias

In:

EUA quer reverter acordo que proíbe detenção de crianças por mais de 20 dias

O governo do presidente dos EUA, Donaldo Trump, disse nesta quinta-feira que quer acabar com uma política de décadas atrás que proíbe a detenção de longo prazo de crianças imigrantes quando as famílias são presas por tentarem entrar ilegalmente nos EUA.

As autoridades do Departamento de Segurança Interna e de Saúde e Serviços Humanos disseram que querem o fim do chamado acordo Flores, um acordo judicial de 1997 que impede que as autoridades prendam crianças por mais de 20 dias.

A proposta, anunciada como uma mudança de regra no Registro Federal, sinaliza que as autoridades estão procurando maneiras de manter as famílias unidas até que seus casos de imigração sejam decididos em meio aos esforços do governo para reprimir cruzamentos ilegais de fronteira.

É quase certo que a proposta enfrente desafios legais. A administração no início deste ano pediu a um juiz federal na Califórnia para permitir que as autoridades detivessem as famílias juntas além do limite de 20 dias e foi negado.

As autoridades de imigração têm lutado para aderir aos termos do assentamento de Flores, enquanto tentam impor uma política de tolerância zero que visa processar todos os adultos que atravessam ilegalmente a fronteira sul.

A nova proposta permitiria que as famílias, a maioria das quais pedem asilo, fossem detidas juntas durante toda a duração de seus longos procedimentos de imigração. E as autoridades disseram que ofereceriam proteções semelhantes às descritas no acordo de Flores. Fonte: Dow Jones Newswires.

Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com