quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Notícias

In:

Unidade Sesi/Senai insere moradores de Arapiraca no mercado de trabalho

Por Redação com Comunicação Sistema Fiea

Geral (Divulgação)

Oitenta alunos, quatro cursos e a realização de um sonho. Foi isso que a Unidade Integrada Sesi/Senai José Gomes Barbosa proporcionou aos moradores do conjunto Brisa do Lago, em Arapiraca. Na última sexta-feira, 3, a cerimônia: cada empreendedor montou uma mesa com seus produtos e apresentou aos visitantes.

Houve, também, a entrega dos certificados de conclusão dos cursos de decoração de bolos artísticos, salgados e doces, culinária básica e confeitaria básica.
Para os irmãos Josineide e Josivaldo, o curso despertou o empreendedorismo familiar. Eles já cozinhavam, mas ainda não tinham a técnica necessária para aplicar no dia a dia de um restaurante, por exemplo. Definiram a experiência com o Serviço nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) como uma oportunidade de profissionalização.

“O curso foi para ter conhecimento de produtos que a gente não sabia direito. Agora já somos profissionais e temos um projeto: montar um restaurante aqui na região”, destacou Josivaldo. Quem complementou a história foi Josineide. “Minha palavra hoje é gratidão a Deus pela oportunidade que o Senai deu a gente, estou muito feliz com tudo e creio que daqui pra frente será só vitória”.

O desemprego também motivou Josicleide de Lima a fazer o curso do Senai. Ela trabalhava com educação, mas se viu contra a parede: precisava manter os três filhos. Nos cursos do Senai, viu a oportunidade de aprender mais sobre a confecção de salgados e doces. Hoje, toda a sua renda familiar é fruto do que aprendeu.

“Eu já gostava bastante, mas não tinha muita experiência. Foi quando eu soube dos cursos pelo Senai. Fiz o curso de salgados, e agora esse de culinária. Desde então, já tem três anos que eu trabalho com bolos, com salgados, e sustento a minha casa, meus três filhos, com essa arte de confeitaria”, comemorou.

Por onde andou, a professora Luciane Santos foi abraçada. Responsável pelos cursos, ela comemorou bastante o sucesso das turmas. “Agora, eles têm um certificado a nível nacional. Alguns deles começaram a trabalhar a partir do curso. Outros já trabalhavam na área, mas não tinham capacitação profissional. É uma ótima oportunidade para mostrar os empreendedores que o Brisa tem”, disse.

O projeto

Financiado pelo Ministério das Cidades e pela Caixa Econômica Federal, através da Prefeitura de Arapiraca, o projeto social já está com um ano e dois meses. Foram várias atividades envolvidas: oficinas, um projeto esportivo que trabalhou com 200 crianças da comunidade (com auxílio do Serviço Social da Indústria – Sesi), cursos de capoeira e outros mais.

“Inicialmente, fizemos uma pesquisa pra saber qual era a demanda, o que eles preferiam que fosse feito, o que eles tinham necessidade, visando, dessa forma, que depois desses cursos essas pessoas tivessem uma qualidade de vida melhor, pudessem ter condições de arrumar um emprego, uma renda extra. Até porque a maioria das pessoas são mães de família e não conseguem sair de casa. Tem filhos pequenos. Então priorizamos fazer cursos para capacitar essas mães”, explicou Roseane Lopes Cabral, da equipe do projeto.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com