quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Notícias

In:

Médico do Fluminense evita descartar cirurgia para o atacante Pedro

Coordenador do departamento médico do Fluminense, Douglas Santos evitou descartar nesta terça-feira uma cirurgia no joelho direito do atacante Pedro, maior destaque da equipe carioca na temporada. O médico aposta em um tratamento “conservador”, mas admite a possibilidade de submeter o atleta a uma operação no próximo mês.

“Ele já começou o tratamento conservador no domingo mesmo, que não prevê cirurgia, mas isso ainda não é uma certeza. Vamos esperar. Acredito que, dentro de três semanas, ele volte aos treinos e, quando melhorar o inchado do joelho e o derrame articular, ele deve ser submetido a um novo exame para ver se realmente confirma só o tratamento conservador”, declarou.

Douglas Santos afirmou que aposta no tratamento conservador, mas revelou que só terá certeza sobre isso daqui a 15 dias. “A chance dele é muito boa de recuperar só com tratamento conservador. A gente espera que ele não precise de cirurgia, mas, sim, ainda existe essa pequena possibilidade. Ele vai ser submetido a uma reavaliação em 15 dias.”

Por enquanto, segundo o médico, o tratamento consiste no uso de anti-inflamatório, “com técnicas de fisioterapia para diminuir a dor, não deixar inflamar e tentar regredir o edema articular o mais rápido possível”, explicou.

Pedro sofreu a lesão ao tentar dominar a bola no campo de ataque, aos 46 minutos do segundo tempo, durante a partida contra o Cruzeiro, na noite de sábado, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta terça, o médico deu maiores detalhes sobre o problema físico do atacante. “O Pedro teve uma lesão no joelho que é a mais frequente no futebol. Ele teve um entorse com estiramento do ligamento e imediatamente saiu do jogo. No dia seguinte, fizemos uma avaliação clínica melhor, um exame de ressonância, e ficou constatado que ele teve esse estiramento de alguns ligamentos no joelho”, esclareceu.

Com a indefinição sobre o futuro tratamento e a possibilidade de cirurgia, o técnico Marcelo Oliveira ainda não sabe quantos jogos em que Pedro será desfalque. Mas já é certo que o atacante não poderá defender a seleção brasileira nos amistosos contra os Estados Unidos e El Salvador, respectivamente, nos dias 7 e 11 de setembro, nos Estados Unidos.

O corte foi anunciado na segunda-feira. O técnico Tite convocou o atacante Richarlison, atualmente no Everton. Por coincidência, o jogador também se destacou com a camisa do Fluminense, antes de se transferir para o futebol inglês.

Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com