terça-feira, 25 de setembro de 2018

Notícias

In:

Infantino encontra Trump na Casa Branca para preparativos para Copa de 2026

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, visitou nesta terça-feira o presidente norte-americano, Donald Trump, na Casa Brancam para tratar dos preparativos para a Copa do Mundo de 2026. O futuro Mundial será sediado pela América do Norte, tendo pela primeira vez um continente – e não um país – como anfitrião. “Foi um encontro excelente, com foco na organização e nas preparações para 2026, quando Estados Unidos, Canadá e México serão os anfitriões”, disse o presidente da Fifa, depois do encontro.

Na reunião, em Washington, Trump classificou a Copa como um evento “muito importante e especial”. O presidente dos EUA também celebrou a parceria com os vizinhos. Infantino disse que a intenção era fazer a “melhor Copa do Mundo” de todos os tempos. “Faremos isso”, respondeu Trump.

Infantino agradeceu Trump pelo comprometimento e suporte do governo norte-americano. “Estou animado para a continuidade da cooperação com as autoridades americanas. Estou convencido de que os três organizadores irão entregar a melhor Copa do Mundo daqui a oito anos”, disse Infantino.

A escolha da América do Norte para sediar a Copa de 2026 ocorreu em junho, em Moscou, durante o Congresso Anual da Fifa, na véspera do início do Mundial da Rússia. Os Estados Unidos prometeram uma receita recorde de US$ 15 bilhões (cerca de R$ 61 bilhões) com o evento, quase três vezes o obtido no Brasil em 2014. Gianni Infantino, atual presidente, contou com o apoio dos Estados Unidos para assumir o comando da Fifa em 2016.

A reunião na Casa Branca teve tom de encontro de amigos. Trump chegou a dizer que seu filho disse que gostaria de conhecer Infantino, quando soube que o presidente da Fifa iria visitar a Casa Branca. “Então, você é bastante famoso, certo? Importante e famoso”, brincou o norte-americano, que também sugeriu que em 2026 eles podem negociar sobre o uso do nome “futebol”. No inglês americano, o futebol e conhecido como “soccer”, enquanto a palavra “football” se refere ao futebol americano. O presidente da Fifa riu e disse “vamos negociar isso”.

Ao dizer que não estaria na presidência em 2026, ano da Copa no continente, Trump disse que talvez decidissem “estender o seu mandato” para que a mídia não ficasse entediada.

BRASIL – Ao final do encontro, uma repórter brasileira da Globonews tentou fazer uma pergunta a Trump. O presidente perguntou a nacionalidade da jornalista. Ao ouvir a resposta, Infantino respondeu: “Um país do futebol”. Com risos, a jornalista afirmou que o Brasil tinha o “melhor time”. “Exceto porque tiveram um pequeno problema da última vez”, retrucou Trump.

Autor: Beatriz Bulla
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com