terça-feira, 13 de novembro de 2018

Notícias

In:

Cristiano Ronaldo para em goleiro na estreia, mas Juventus vence nos acréscimos

Cristiano Ronaldo teve uma boa atuação na estreia pela Juventus. Ele buscou o gol de todas as maneiras, mas parou no goleiro Sorrentino, do Chievo. Sua equipe, por consequência, sofreu, mas chegou à vitória por 3 a 2 com um gol nos acréscimos neste sábado, fora de casa, na rodada de abertura do Campeonato Italiano.

Atual heptacampeã da competição, a equipe de Turim teve seus gols marcados por Khedira, Bonucci e Bernardeschi, que balançou a rede aos 47 minutos do segundo tempo. A partida também contou com a participação do árbitro de vídeo nos minutos finais, quando ainda estava empatada em 2 a 2. Cristiano Ronaldo se chocou com o goleiro e ao mesmo tempo tocou com a mão na bola. Na sobra, Mandzukic mandou para o gol, mas o lance foi corretamente invalidado.

A primeira partida do craque português pelo clube de Turim foi sem muita festa. Os italianos ainda estão de luto pelo desabamento da ponte em Gênova que ocasionou a morte de 42 pessoas. As equipes entraram em campo juntas e fizeram um minuto de silêncio por causa da tragédia.

De início, a impressão era de que a Juventus golearia. Pois nem bem o astro português de 33 anos pegou na bola e o time visitante já estava em vantagem. Aos dois minutos, Khedira aproveitou um bate-rebate na área e mandou para as redes.

Cristiano Ronaldo demonstrava estar à vontade em campo e criou a primeira oportunidade aos 17 minutos em chute que saiu para fora. Na sequência, ele arrancou em contra-ataque e serviu Cuadrado, que bateu com perigo.

O Chievo tinha dificuldade para passar do meio-campo, mas conseguiram o empate em uma das raras chances criadas. Aos 37 minutos, Stepinski se antecipou a Chiellini e mandou para as redes. Cristiano foi dar a saída de bola esbravejando contra a defesa.

Para piorar as coisas, na etapa final, o Chievo encontrou o segundo gol logo aos nove minutos. Cancelo derrubou Giaccherini na área. Pênalti que o próprio Giaccherini bateu para decretar a virada.

A partir daí Cristiano Ronaldo passou a travar um verdadeiro duelo contra o goleiro Sorrentino. O português tentou de todas as maneiras. Primeiro, de cabeça, e parou nas mãos de Sorrentino. Depois bateu de fora da área para boa defesa do goleiro. Em seguida, dentro da área, desviou para fora.

Cristiano também tentou servir Mandzukic, que havia entrado na vaga do brasileiro Douglas Costa. Mas Sorrentino estava lá. O gol de empate veio aos 29 minutos sem a participação do português. Bernardeschi cobrou escanteio e o zagueiro Bonucci cabeceou para as redes.

Logo em seguida, Cristiano Ronaldo sofreu falta próximo da área. Ele próprio cobrou e parou em Sorrentino. O português insistia. Já no final, ele se chocou com Sorrentino e o goleiro foi a nocaute. O lance foi todo polêmico, porque na sequência, Mandzukic mandou a bola para as redes. O árbitro então pediu o auxílio da TV e viu que o estreante da Juventus havia colocado na mão na bola.

Nos acréscimos, o brasileiro Alex Sandro cruzou rasteiro da esquerda e Bernardeschi desviou para as redes para garantiu a vitória dos visitantes na estreia da contratação mais cara da história do futebol italiano – a Juventus pagou 112 milhões de euros (R$ 500 milhões) para tirar Cristiano Ronaldo do Real Madrid.

A Juventus volta a campo agora no próximo sábado para enfrentar a Lazio, em casa, pela segunda rodada do Italiano. A partida marcará o primeiro jogo de Cristiano Ronaldo em Turim, deve ter casa cheia e grande festa. No dia seguinte, o Chievo visita a Fiorentina.

Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com