sábado, 17 de novembro de 2018

Notícias

In:

Candidatura de Collor ao governo fortalece e une a oposição em Arapiraca

Por Roberto Gonçalves
Candidatura de Collor une oposição em Arapiraca

Candidatura de Collor une oposição em Arapiraca

A candidatura do senador Fernando Collor (PTC) ao governo, enfrentando o governador Renan Filho (MDB) fortaleceu e uniu a oposição em Arapiraca, segundo colégio eleitoral do Estado e cidade mais importante do interior do Estado. O eleitorado de Arapiraca que vai decidir a eleição este ano, é de 141.112 eleitores 4% a mais em relação a eleição de 2016.

Um dos motivos para o fortalecimento da oposição, foi a persistência do governador Renan Filho, em manter a chapa “puro sangue” mantendo como companheiro de chapa o vice-governador Luciano Barbosa (MDB) que não agregou lideranças políticas e empresariais ao grupo de Renan Filho. Existe uma insatisfação generalizada do empresariado local com o governo Renan Filho motivados pela carga tributária do governo.

Até mesmo a categoria dos motoristas dos transportes alternativos estão insatisfeitos com o governo Renan Filho pela constante ação fiscalizadora e repressiva da Arsal no objetivo de cada vez mais arrecadar mais para os cofres do Estado nas rodovias que cortam o Agreste do Estado.

Dos três deputados estaduais que integram a bancada de Arapiraca na Casa de Tavares Bastos, apenas Ricardo Nezinho (MDB) está no grupo governista, enquanto Severino Pessoa (PRB) candidato a deputado federal e Tarcizo Freire (PP) candidato a reeleição, estão no grupo do senador Benedito de Lira e do senador Fernando Collor.

A oposição uniu o grupo do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) o deputado Severino Pessoa a vice-prefeita Fabiana Pessoa e a ex-prefeita Célia Rocha. Dos 17 vereadores que integram a Câmara Municipal de Arapiraca, apenas três estão no grupo governista, são eles; Moisés Machado (PDT) Rogério Nezinho (MDB) irmão do deputado estadual Ricardo Nezinho e Sergio do Sindicato (PPS).

A oposição conta com a adesão da ex-prefeita Célia Rocha candidata a deputada estadual que rompeu com Luciano Barbosa que o introduziu na vida pública, inicialmente como secretário municipal de Finanças no seu primeiro governo, chegando a galgar com o apoio da então prefeita, o cargo de ministro da Integração Nacional no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Atualmente estão em caminhos opostos na eleição 2018.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com