terça-feira, 25 de setembro de 2018

Notícias

In:

Campeão em 2016, Wawrinka bate Dimitrov e estreia com vitória no US Open

Longe do melhor momento da carreira, o suíço Stan Wawrinka ignorou a diferença de ranking para o búlgaro Grigor Dimitrov e estreou com vitória no US Open. Campeão do Grand Slam norte-americano em 2016, o tenista de 33 anos bateu o adversário nesta segunda-feira por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 7/5.

Depois de conquistar o US Open há dois anos, Wawrinka desfalcou a edição passada por lesão e perdeu muitas posições no ranking da ATP. Atualmente apenas na 101.ª colocação, precisou de convite da organização para jogar nos Estados Unidos, mas relembrou os melhores dias na estreia e garantiu a classificação.

Mesmo diante do número 8 do mundo, Wawrinka impôs seu estilo de golpes fortes e precisou de somente 2h24min de partida para vencer. Foram 30 “winners” para o suíço, que confirmou cinco das 14 oportunidades de quebra que teve para seguir na briga pelo bicampeonato.

Na segunda rodada, Wawrinka terá pela frente o francês Ugo Humbert, de apenas 20 anos. O jovem tenista, número 139 do mundo, garantiu a classificação ao derrotar na estreia o norte-americano Collin Altamirano por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 7/6 (7/4) e 6/3.

Quem confirmou o favoritismo nesta segunda foi o norte-americano John Isner. Cabeça de chave número 11 do US Open, ele passou por seu compatriota Bradley Klahn por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3), 6/3 e 6/4. Na próxima rodada, vai encarar o chileno Nicolas Jarry, número 42 do mundo, que passou pelo alemão Peter Gojowczyk em quatro sets: 7/6 (7/4), 4/6, 6/1 e 7/5.

Outro norte-americano cabeça de chave que venceu foi Jack Sock. Listado como 18.º favorito, ele passou em sets diretos pelo argentino Guido Andreozzi, com parciais de 6/0, 7/6 (7/4) e 6/2. Agora, espera para conhecer seu adversário, que será o georgiano Nikoloz Basilashvili ou o esloveno Aljaz Bedene.

Cabeçar de chave número 25, o canadense Milos Raonic passou pelo argentino Carlos Berloque por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/4), 6/4, 1/6 e 6/3. Já o russo Karen Kachanov, 27.º favorito, bateu o espanhol Albert Ramos-Vinolas em sets diretos: 6/3, 6/2 e 6/3.

Mas o dia não foi bom para todos os cabeças de chave. O britânico Kyle Edmund (16.º) perdeu para o italiano Paolo Lorenzi em quatro sets, com parciais de 4/6, 6/4, 7/5 e 6/1. Já o espanhol Roberto Bautista-Agut (19.º) foi eliminado pelo australiano Jason Kübler por 3 a 0: 6/3, 6/3 e 6/4.

Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com