domingo, 23 de setembro de 2018

Notícias

In:

Alunos de Engenharia do Ifal Palmeira desenvolvem aplicativo para área da construção civil

Por Redação com Assessoria de Comunicação IFAL Campus Palmeira dos Índios

20180813_093057

Mais uma vez o Instituto Federal de Alagoas (Ifal), campus Palmeira dos Índios, vem inovando em sala de aula. Os alunos do 5º período do curso de Engenharia Civil, orientados pela professora Sheyla Marques, desenvolveram um aplicativo chamado “Dose Certa”, cujo objetivo é calcular o traço (medida) de concreto que será utilizado em uma construção.

A ideia veio dos alunos Luan Oliveira, Wolfgang Lemos e Emanuele Nobre, que sempre se interessaram pela área da programação e queriam uma forma de atrelá-la à Engenharia. “A gente começou como se fosse uma ideia nossa, uma brincadeira interna. Então quando propomos para a professora, acabou tornando-se algo mais sério”, diz Luan.

Em termos de programação, o aplicativo foi elaborado através de uma linguagem básica. “Utilizamos o HTML, linguagem Java e depois construímos o software com interface colorida. Tentamos fazer como se não fosse apenas um cálculo, com uma resposta pura, mas trazemos todo o passo a passo para que os alunos tirem dúvidas específicas e também abrimos uma aba de feedback para que eles mandem suas perguntas até nós”, explica Luan.

Atualmente, o software é utilizado durante as aulas da disciplina de Materiais de Construção I, mas segundo Sheyla, o “Dose Certa” está disponível para todo o público em geral, de forma gratuita, através do Google Play (sistema Android) e está em fase de desenvolvimento para o iOS.

“Solicitamos na semana passada o registro junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e a Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PRPI) está tramitando esse processo para deixar o aplicativo de acesso ao público. Ele vai facilitar a conferência, a dosagem do concreto – tanto para sala de aula quanto para obras de um modo geral”, ressalta Sheyla.

O aplicativo é acessado em sala, onde são expostos os parâmetros de cálculo. Em seguida, a turma vai até o laboratório de Materiais de Construção e utilizando o traço obtido no manual e no programa é feita uma comparação com o intuito de verificar se há diferença nos resultados. “Pela interpolação das curvas, a gente conseguiu um processo de 15 casas decimais de aproximação em termos de cálculo do traço do concreto”, revela Luan.

O celular como aliado

Como uma ideia inovadora, o objetivo é fazer do celular um recurso para aprendizagem dos discentes em sala. Impedir o uso do aparelho não seria a melhor solução para a docente.

“No mundo de hoje temos acesso às informações nesses dispositivos de forma instantânea. A ideia é trazer o aparelho para nosso lado para prática da disciplina. Acabei de corrigir umas provas e pude perceber que o resultado foi muito positivo, após a utilização do ‘Dose Certa’. No semestre anterior, eles tiveram dificuldade em compreender o procedimento de cálculo e muita gente tirou nota baixa. Assim, o aplicativo vem para ser um item a mais para a teoria e prática da disciplina”, conclui a docente.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com