segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Notícias

In:

RJ: prefeito e 2 vereadores de Japeri são presos por suposta ligação com tráfico

O prefeito de Japeri (RJ), Carlos Moraes Costa (PP), foi preso nesta sexta-feira, 27, por suposta associação para o tráfico de drogas. A prisão foi feita a partir de uma denúncia do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Subprocuradoria-Geral de Justiça de Assuntos Criminais.

Também foram emitidos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra o presidente da Câmara Municipal de Japeri, Wesley George de Oliveira e o vereador Claudio José da Silva, ambos do PP.

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, o prefeito e os vereadores integravam o núcleo político de uma organização criminosa que domina o tráfico de drogas no Complexo do Guandu, em Japeri. Eles se aproveitariam do peso e prestígio de seus cargos para atuar em favor dos interesses de traficantes, repassando informações privilegiadas aos criminosos. Além disso, o grupo, segundo o MP, fraudava licitações e desviava dinheiro público.

O prefeito foi flagrado, por meio de escutas autorizadas pela Justiça, em diálogos com um traficante que seriam comprometedoras. Para as autoridades, as conversas conteriam indícios de comprometimento do político com a defesa dos interesses da organização criminosa.

O traficante também já teria telefonado para o prefeito e para outras pessoas influentes do município. O objetivo seria interromper uma operação policial contra a realização de um baile funk promovido pelo trafico na localidade.

Segundo a denúncia, o vereador Claudio José, o Cacau, também já teria ligado para o traficante para se prontificar a ajudar em uma intervenção policial na comunidade. Nos diálogos judicialmente interceptados, fala-se que o lucro mensal do tráfico com essa atividade chegaria a R$ 100 mil.

O MP-RJ também obteve junto ao Judiciário a suspensão do exercício da função pública do prefeito e dos dois vereadores.

Também estão sendo cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra 37 traficantes denunciados por integrarem a facção criminosa que controla a venda de drogas em favelas de Japeri.

Defesas

A reportagem não conseguiu localizar os advogados dos políticos presos para que comentassem as acusações. O espaço está aberto para as manifestações.

Autor: Constança Rezende
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com