segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Nossa Senhora do Carmo

No mês de julho, entre outras celebrações, há a festa de Nossa Senhora do Carmo. Entre várias celebrações há no dia 16 do já mencionado mês, o dia de Nossa Senhora do Carmo.

Os carmelitas, ou seja, a Ordem dos Carmelitas ficou conhecida como umas das grandes ordens da Igreja.

Existe até a Oração de Nossa senhora do Carmo. Ei-la: Ó Senhora do Carmo, revestido (revestida) do vosso Escapulário, eu vos peço que ele seja para mim sinal da vossa maternal proteção, em todas as necessidades, nos perigos e nas aflições da vida. Acompanhai-me com a vossa intercessão, para que eu possa crescer na Fé, Esperança e Caridade, seguindo Jesus e praticando a Sua Palavra. Ajudai-me, ó Mãe querida, para que, levando com devoção vosso santo Escapulário, mereça a felicidade de morrer piedosamente com ele, na graça de Deus, e assim, alcançar a vida eterna. Amém.

O escapulário é uma insígnia religiosa que se traz ao pescoço ou sobre os ombros. Inicialmente os leigos usavam o mesmo tipo de insígnia. Como isso, foi se tornando complicado para os leigos, a Santa Sé determinou que os chamados “bentinhos” poderiam substituir a insígnia.

Posteriormente, por orientação da Igreja, uma medalha poderá substituir o chamado “bentinhos” na linguagem popular.

Convém acrescentar que o atual escapulário, usado somente como ornamento, sem nenhum modo de agir e de viver como verdadeiro cristão, filho de Deus e filho da Virgem Maria, não passará apenas de ornamento.

Tendo conhecimento da origem do escapulário, transcrevo o que me chegou às mãos:  No ano de 1200, um grupo de homens se reuniu no Monte Carmelo com um único propósito em mente: seguir Jesus Cristo. Para isso, construíram uma capela em homenagem a Nossa Senhora, que depois, por conta do nome da região, ficou conhecida como “Ordem dos Carmelitas”. Esse local não foi escolhido por acaso. Uma vez que já era considerado um “local sagrado”, principalmente por conta do modo de agir do profeta Elias, uma vez que este teve grande prova da existência de Deus único e verdadeiro.

Posteriormente, a Ordem se transferiu para Europa, onde encontrou tempos complicados e difíceis. Apesar dos pesares, foi na Europa, onde são Simão Stoch deu início à origem do escapulário.

Como foi citado o nome de São Simão Stoch, vamos lembrar algo a respeito dele, natural da Inglaterra.

Nascido de ilustre família, no fim do século XII, desde pequeno, pela formação religiosa que teve, mostrou pendores para a vida religiosa. Depois de seus primeiros estudos, mostrou desejo de abraçar a vida religiosa, ainda que seus pais desejassem que ele seguisse uma carreira que trouxesse fama, lucro e glória terrena.

A verdade é que abandonou o conforto do lar em busca do silêncio e da solidão. Internou-se numa floresta e teve como moradia a cavidade de uma grande árvore. Desse lugar lhe veio o sobrenome de Stock (tronco).

Empregou seu tempo em oração e meditação da Palavra de Deus e recolhia na floresta aquilo que pudesse servir de alimento. Simão não cessava de pedir proteção da Virgem Maria.

Velho e alquebrado, veio a falecer com 82 anos de idade e é considerado grande apóstolo da devoção a Nossa Senhora do Carmo.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com