sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Notícias

In:

Lembrando o Dia do Motorista

Surgiu a notícia que o rei da Arábia Saudita decretou em setembro de 2017 permissão para que as mulheres tivessem direito para dirigirem carro. Em um país onde são poucos os direitos das mulheres tal permissão não deixou de ser grande vitória para a população feminina.

 Antes disso, as mulheres dependiam de alguns parentes ou motorista conhecido para se dirigir ao trabalho, indo obrigatoriamente no banco de trás. A verdade é que o dia 24 de junho deste ano foi um dia diferente para as mulheres, na Arábia.

A propósito é bom lembrar que, no Brasil, há o dia do Motorista neste mês de julho. Isso aconteceu.

No dia 25. No ano passado lembrei, através do jornal, algo que vou citar neste modesto artigo. O primeiro carro com motor a explosão chegou ao Brasil trazido da França por Santos Dumont, conhecido como o Pai da Aviação.

Quem dirige carro, especialmente quando há nele passageiro ou passageiros, deve compreender que conduz vida humana. Por conseguinte deve haver responsabilidade por parte do motorista. Infelizmente, conforme as estatísticas, muito se deve lamentar o elevado número de acidentes de trânsito no nosso País, chamado Brasil.

Aqui, no Brasil não é muito comum mas é possível encontrar mulher dirigindo caminhão ou ônibus. Transcrevo o que escrevi neste jornal no mês de julho do ano passado.

Carina, com 14 anos de idade, começou a viajar com seu pai que dirigia um caminhão e ela ajudava em entregar mercadorias nos estados de São Paulo e Paraná. O fato é que aos 18 anos conseguiu obter uma carteira de motorista em maio de 2004. No mesmo ano, no mês de outubro, foi chamada para fazer um teste. Saiu-se muito bem. Inicialmente havia certa preocupação ou mesmo perplexidade pelo motivo de uma jovem ou mesmo uma adolescente  dirigir um carro pesado.

Podemos, porém, dizer: Se muitos motoristas, desde os chamados carros de passeio até os caminhões e ônibus, tivessem não só a habilidade mas a responsabilidade de Carine, muitos desastres de veículos seriam evitados.

Com todo o respeito aos que pensam diferente, apresento a Oração do Motorista, cujo autor não conseguir identificar: Ó Senhor, por intercessão de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, dai-nos firmeza e vigilância nos muitos caminhos da vida em busca de trabalho, lazer, felicidade e realização. Todos somos caminhantes nas estradas deste mundo, acompanhai-nos constantemente para chegarmos ao destino sem acidentes e contratempos. Protegei, ó Senhor, os motoristas que conduzem os modernos meios de transportes.

Que eles possam ser guiados por vosso Espírito, e assim ajam com sabedoria e respeitem as leis de trânsito. Protegei, ó Senhor, aqueles que caminham conosco e ajudai-nos a respeitar a todos, pedestres e transeuntes, agindo sempre com prudência. Protegei, ó Senhor, os jovens que dirigem e dai-lhes um coração sempre voltado à vida. Que possam descobrir vossa presença viva no mundo e respeitem a todos. Que cresçam sempre guiados pelo vosso Espírito para que sejam os protagonistas da nova sociedade do terceiro milênio. Confortai, ó Senhor, as famílias que perderam as pessoas queridas, vítimas do cruel trânsito brasileiro. Dai-lhes a esperança necessária para viverem em vossa presença sem condenação ou rancor.  Que possamos, Senhor, descobrir vossa presença na natureza em um tudo o que nos rodeia, amando assim cada vez mais a vida. Amém.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com