sábado, 17 de novembro de 2018

Notícias

In:

Em noite de testes, Corinthians vence Cruzeiro em amistoso no Mineirão

Em noite de testes e até de estreia, o Corinthians voltou a vencer, ainda que num amistoso, nesta quarta-feira. Jogando no Mineirão, o time paulista derrotou o Cruzeiro por 2 a 0 em sua primeira atividade de maior peso nesta intertemporada, em preparação para a sequência do Brasileirão, Copa do Brasil e Copa Libertadores – as competições foram paralisadas em razão da disputa da Copa do Mundo da Rússia.

O técnico Osmar Loss aproveitou o amistoso para promover três estreias no Corinthians: Thiaguinho, Bruno Xavier e Danilo Avelar, contratado na semana passado. O trio teve desempenho discreto. Apesar de não se tratar de jogo oficial, o time paulista encerrou uma sequência de quatro partidas sem vitória.

No geral, a equipe segue em momento complicado sob o comando de Loss. Em sete partidas no comando do Corinthians, o técnico continua com apenas uma vitória (em jogos oficiais). São quatro derrotas e apenas três gols marcados nesta sequência. O último revés aconteceu justamente na rodada do Brasileirão, diante do Bahia. Depois disso, o time ganhou 11 dias de folga, interrompida na segunda-feira da semana passada.

Com as voltas de Clayson e Renê Júnior, ambos recuperados de lesão, o Corinthians entrou em campo nesta quarta com Walter; Mantuan, Balbuena, Henrique, Sidcley; Gabriel, Renê Júnior, Rodriguinho; Romero, Clayson e Roger. Assim, Renê Júnior deve mesmo ficar com a vaga de Maycon, vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

E, com esta formação, que poderia ser considerada a ideal da equipe, o Corinthians foi melhor no primeiro tempo. O time adotou postura mais cautelosa desde o início, mas não abdicou de atacar. Logo numa das primeiras investidas, abriu o placar, aos 12 minutos. A jogada teve início com tiro de meta de Walter, que alcançou Clayson. Ele acionou Romero, que disparou pela direita, entrou na área e bateu na saída de Fábio.

O gol fez o Cruzeiro sair ainda mais para o jogo. Mano Menezes escalou a equipe mineira com Fábio; Edílson, Dedé, Léo, Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho, Rafinha, Thiago Neves; Rafael Sóbis. Mas, mesmo com maior controle de jogo, os anfitriões tinham dificuldade de levar perigo ao gol corintiano.

Walter fez sua primeira defesa no jogo somente aos 42, quando Thiago Neves arrancou pela esquerda, entrou na área e bateu rasteiro. Antes disso, o Corinthians já havia criado outra chance para ampliar o marcador. Foi aos 35, em cruzamento de Rodriguinho pela direita. Clayson subiu bem, mas cabeceou em cima da zaga.

Para o segundo tempo, as duas equipes mudaram praticamente tudo. No Corinthians, só permaneceu Walter em campo. Paulo Roberto, Pedro Henrique, Léo Santos, Danilo Avelar; Ralf, Thiaguinho, Jadson, Pedrinho, Marquinhos Gabriel; Bruno Xavier foi o time escalado por Loss para a etapa final.

No Cruzeiro, Mano Menezes manteve dois jogadores em campo: Lucas Silva e Sóbis. Assim, o time tinha Rafael; Ezequiel, Manoel, Murilo, Marcelo Hermes; Lucas Romero, Ariel Cabral, Lucas Silva, Mancuello, Patrick Brey; Rafael Sóbis.

Em desvantagem, o time da casa partiu para o ataque no início da segunda etapa. Aos 10, Marcelo Hermes fez jogada individual pela esquerda e bateu forte. Walter defendeu, mas deu rebote. E Patrick Brey, em cima do lance, finalizou para fora. Na sequência, a zaga corintiana vacilou e a bola sobrou para Sóbis, que sofreu falta dentro da área. O árbitro mandou o lance seguir.

Com raras trocas de passe e poucos lances ofensivos, o segundo tempo acabou se restringindo aos testes. Antes dos 30, Loss fez mais duas alterações no Corinthians. O goleiro Caíque França e o meia Danilo entraram no jogo. Pelo time mineiro, Lucas Silva deu lugar ao atacante Marcelo.

Apesar do clima de amistoso, o Corinthians seguia recuado, tentando pouco no ataque. Ainda assim, chegou ao segundo gol, em lance de bola parada. Aos 29, Jadson bateu falta na área e Pedro Henrique, quase sem marcação, escorou para as redes.

O Cruzeiro respondeu em outra bola parada. Aos 33, Mancuello bateu falta com perigo, rente à trave. Mas não foi além disso, apesar da maior presença no ataque.

O Corinthians volta a campo no domingo para fazer amistoso com o Grêmio às 11 horas, na Arena Corinthians. Na sequência, reencontrará o mesmo Cruzeiro, no dia 11, às 20hs, desta vez diante de sua torcida.

Autor: Felipe Rosa Mendes
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com