sábado, 15 de dezembro de 2018

Notícias

In:

CAPS AD realiza II Fórum de Saúde Mental, em Palmeira dos Índios

Por Redação com Assessoria de Comunicação

caps (2)

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) AD Espaço Renascer, realizou ontem (25) e hoje (26) o II Fórum de Saúde Mental, com o tema “Conversando sobre Drogas”. O objetivo foi discutir a temática com a rede municipal de Educação, Saúde, Assistência Social, Poder Judiciário e Segurança Pública de Palmeira dos Índios. O Fórum aconteceu no auditório da Unimed de Palmeira dos Índios.

Na programação houve palestras para professores das redes pública e privada do município e mesa redonda sobre urgência e emergência em saúde mental. O destaque do fórum foi a mesa redonda sobre urgência e emergência em saúde mental com ênfase nos usuários de drogas. A psicóloga Rosa Augusta e a assistente social Hosana Alves, ambas da Supervisão de Atenção Psicossocial (SUAP) da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) ministraram a mesa redonda e abordaram pontos específicos, como leis que abrangem os CAPS’s e o que é necessário para melhorar nas unidades de saúde para receberem pacientes psiquiátricos.

A secretária Kátia Born relembrou da luta constante pelas melhorias no sistema psiquiátrico em Alagoas. “Há muito tempo venho lutando, junto com diversas outras pessoas que se preocupam com os pacientes e que são contra os manicômios. Trabalhar pelas melhorias do sistema psiquiátrico está voltando a ser árduo, pois as pessoas tendem a abandonar seus familiares em hospitais, e o CAPS trabalha a redução dos danos. O CAPS está aqui para isso e temos muitos pacientes que conseguiram largar o vício. Hoje eles trabalham, têm suas famílias e foram reinseridos à sociedade, graças aos trabalhos feitos pela equipe multidisciplinar”, disse a secretária.

O prefeito Júlio Cezar parabenizou a evolução da assistência à saúde, principalmente pelo legado deixado por Nise da Silveira. “A Nise foi uma mulher à frente do seu tempo, pois deixou o tratamento e atendimento tradicional dado aos dependentes químicos para usar outros métodos e, principalmente, a humanização. E isso tem sido feito aqui na rede de Palmeira, mas ainda precisamos melhorar muito. É tratar com dignidade e carinho os nossos pacientes, humanizar o atendimento, pois tudo na Saúde é urgente e quem precisa da Saúde tem pressa, mas também precisa ser bem tratado. Assim como também precisamos dar melhores condições de trabalho aos nossos servidores. Todos estão de parabéns por todo o esforço e pela contribuição que têm dado à saúde do nosso município”, finalizou o prefeito Júlio.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com