quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Notícias

In:

Teatro: monólogo com Pedro Cardoso é uma das estreias da semana

Quatro novos espetáculos trazem bons nomes na direção e no elenco – e são apostas para esta temporada teatral em São Paulo

Monólogo escrito, interpretado e dirigido por Pedro Cardoso (foto), com codireção de Amir Haddad, O Autofalante traz um homem que conta ter sido abordado na rua por outro – que diz que eles são a mesma pessoa. O público acompanha, então, as dúvidas despertadas pelo caso. 70 min. 14 anos. Teatro Morumbi Shopping (250 lug.). Av. Roque Petroni Jr., 1.089, Jd. das Acácias, 5183-2800. Estreia 4ª (27). 4ª, 5ª e 6ª, 21h. R$ 60. Até 24/8.

Com influência do cinema de Hitchcock e do teatro de Beckett, a peça Refúgio, escrita e dirigida por Alexandre Dal Farra, mostra personagens que começam a ir embora, mas não se sabe para onde nem por quê. Uma mulher e seu marido buscam entender o que está ocorrendo, mas acabam mergulhados em angústia. No elenco, estão Fabiana Gugli, Marat Descartes, André Capuano, Carla Zanini e Clayton Mariano. 75 min. 14 anos. Sesc Bom Retiro. Teatro (291 lug.). Al. Nothmann, 185, 3332-3600. Estreia 6ª (22). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 9/R$ 30. Até 29/7.

+ Andy, peça assinada e estrelada por Gero Camilo e Victor Mendes, aborda a trajetória de Andy Kaufman (1949-1984), artista americano conhecido por transgredir as estruturas da comédia tradicional e que influenciou o trabalho dos dois atores. 80 min. 12 anos. Sesc Santana. Teatro (330 lugares). Av. Luiz Dumont Villares, 579, 2971-8700. Estreia sáb. (23). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 9/R$ 30. Até 29/7.

+ Em Justa, com texto de Newton Moreno e direção de Carlos Gradim, um investigador de crimes contra políticos colhe depoimentos de prostitutas (vividas por Yara de Novaes; foto). 90 min. 18 anos. Sesc 24 de Maio. Teatro (216 lug.). R. 24 de Maio, 109, metrô República, 3350-6300. Estreia 5ª (28). 5ª a sáb., 21h; dom., 18h. R$ 12/R$ 40. Até 22/7.

CONFIRA OUTRAS ESTREIAS

Balé Ralé
Vinda do Rio de Janeiro, a companhia Teatro de Extremos apresenta peça com texto de Marcelino Freire e direção de Fabiano de Freitas. Em cena, diferentes esquetes trazem temas como marginalidade e exclusão social. 60 min. 16 anos. Sesc Ipiranga. Teatro (200 lug.). R. Bom Pastor, 822, 3340-2000. Estreia 6ª (22). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 9/R$ 30. Até 15/7.

Buraquinhos ou o Vento É Inimigo do Picumã
Parte da Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos, a peça do Coletivo Carcaça de Poéticas Negras traz um menino negro da periferia que narra sua trajetória a partir do momento em que vai comprar pão na padaria e é perseguido por um policial. 90 min. 14 anos. CCSP. Espaço Cênico Ademar Guerra (83 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. Estreia 6ª (22). 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 20. Até 15/7.

Caixa de Memórias
A Companhia Razões inversas, que traz no elenco nomes como Walter Bedra e Denise Del Vecchio, encena texto de José Eduardo Vendramini, sobre os efeitos da passagem do tempo nas relações familiares. Marcio Aurelio assina a encenação. 100 min. 14 anos. CCSP. Sala Jardel Filho (321 lug.). R. Vergueiro, 1.000, metrô Vergueiro, 3397-4002. Estreia 6ª (22). 6ª e sáb., 21h; dom., 20h. R$ 20. Até 29/7.

Transex
Inspirados em uma antiga montagem do próprio grupo, Os Satyros contam a história de uma travesti prostituída que vive de favor na casa de uma atriz de pornochanchada e se envolve com um professor de pintura transexual. Homenagem à atriz Phedra de Córdoba, a peça tem participação

Autor: Júlia Corrêa
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com