terça-feira, 20 de novembro de 2018

Notícias

In:

Governo investe mais de R$ 128 milhões na construção de hospitais e UPAs

Por Redação com Agência Alagoas

 construção upas

Com um investimento de R$ 128,2 milhões na construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais na capital e no interior, o Governo do Estado tem dado passos importantes para ampliar a prestação de serviços de saúde aos alagoanos. Os novos equipamentos vão possibilitar melhorias na assistência, possibilitando mais conforto aos usuários que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS).

A construção de duas UPAs em Maceió, nos bairros Jacintinho e Tabuleiro do Martins, irão assegurar os atendimentos intermediários entre a Atenção Básica e a Média e Alta Complexidade. Quando estiverem em funcionamento, os novos equipamentos de saúde funcionarão 24 horas, durante os sete dias da semana, podendo resolver grande parte dos casos de urgência e emergência, como pressão e febres altas, cortes, derrames e infarto, assim como acontece nas UPAs já existentes no Benedito Bentes e no Trapiche da Barra.

De acordo com Iranildo Matos, engenheiro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), desde a assinatura da ordem de serviço da UPA do Jacintinho, que aconteceu em abril deste ano, os trabalhos no local começaram em seguida. “Foram iniciados os trabalhos de escavar a área, deixando o terreno aplainado e na sequência ocorreu a implantação da rede de esgoto interna. Posteriormente foi iniciada a implantação das colunas em pilares metálicos e, em seguida, vamos colocar a cobertura do prédio da UPA, com a fixação do telhado. A partir daí, vamos fazer o fechamento da obra com os painéis termo acústicos”, destacou.

Para Maria das Neves da Conceição, de 58 anos, moradora da Rua Novo Horizonte, no Jacintinho, a construção da UPA vai beneficiar e, muito, sua vida. Isso porque, quando a dona de casa adoece, sobretudo por conta da pressão alta, dores de cabeça intensa e ânsias de vômito, precisa recorrer ao Ambulatório 24 Horas João Fireman ou a UPA do Trapiche da Barra. “A construção dessa UPA vai me ajudar muito, porque não vou mais ter que gastar dinheiro com Uber, táxi ou ônibus para cuidar melhor da minha saúde”, disse.

Já a aposentada Maria de Lourdes, de 77 anos, que mora há 27 anos na Rua Novo Horizonte, a construção da UPA vai ajudar não só à sua família, como também, a toda população que mora no Jacintinho e nos bairros circunvizinhos. “Eu estou muito ansiosa pela inauguração desse novo espaço aqui próximo de casa. Sou uma mulher doente e, todas as vezes que preciso de atendimento médico, vou direto pra UPA do Trapiche da Barra. Tudo isso me sai caro, porque gasto com passagem, alimentação e, como senão bastasse, algumas medicações após o atendimento”, contou.

Hospitais – O Governo do Estado também está investindo na construção de unidades hospitalares, a exemplo do Hospital da Mulher, localizado na Avenida Comendador Leão, no bairro Poço, em Maceió. Orçado em R$ 28 milhões, o equipamento de saúde irá garantir mais conforto, segurança e um melhor atendimento às mulheres alagoanas, principalmente às gestantes de risco habitual.

Após a inauguração, a unidade hospitalar terá capacidade para realizar 1.500 atendimentos por mês, nas especialidades médicas de obstetrícia, ginecologia (geral, climatério, Infanto-puberal e colposcopia), neonatologia, infectologia, cardiologia, mastologia, endocrinologia, uroginecologia, reumatologia e dermatologia. A unidade também irá contar com farmácia, ouvidoria, salas de vacina, de coleta de exames laboratoriais e de curativos, banco de leite humano, serviço de assistência ao climatério, ginecologia infanto-puberal, serviço de pré-natal de alto risco, serviço de planejamento familiar e uma agência transfusional.

O pavimento térreo será destinado aos ambulatórios, exames laboratoriais, mamografia e raios-X, enquanto o primeiro e segundo andares serão destinados para o estacionamento, com capacidade para até 70 veículos. Além disso, o hospital também irá realizar testes do olhinho, pezinho e orelhinha para todos os bebês que nascerem na unidade. Caso tenham alguma doença, os pequenos já sairão com o diagnóstico, aumentando as chances de cura, em razão da detecção precoce do problema.

Com investimento próprio do Estado de R$ 64 milhões, as obras do Hospital Metropolitano avançam em ritmo acelerado na Avenida Menino Marcelo, na parte alta de Maceió. A nova unidade de saúde, que está sendo construída em três turnos, terá 180 leitos e uma capacidade para realizar 10 mil consultas por mês. Isso representa um novo momento para Alagoas, porque há 40 anos não era feito nenhum investimento para a ampliação da Rede de Saúde do Estado.

A nova unidade de saúde terá seis pavimentos e 15 alas, com uma área construída de 13.904,19 m² e em uma área total de 57.058,87 m². Dos 180 leitos que serão abertos, 100 serão destinados ao atendimento clínico, 20 para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 de Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e UTI Neonatal, o que vai reduzir o fluxo de pacientes que hoje precisam recorrer ao Hospital Geral do Estado (HGE). A unidade terá espaço para a assistência à mulher, com atendimentos clínicos e ginecológicos e 40 leitos obstétricos para partos normais.

Interior – Já o Hospital Regional do Norte, orçado em R$ 29,8 milhões, custeados pelo Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), vai dispor de 123 leitos, distribuídos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto, Centro de Parto Normal (CPN), UTIs Neonatais, Unidades de Cuidados Intermediários Convencionais (UCICos), UTIs Pediátricas e internação (gineco-obstétrica, pediátrica, clínica e cirúrgica). O hospital contará, ainda, com Serviço de Procedimento de Roupa (SPR), Serviço de Nutrição e Dietética (SDN), Lactário, Nutrição Enteral, Banco de Leite Humano (BLH) e um Centro de Referência que vai oferecer atendimento com equipe multiprofissional especializada.

A expectativa é que, após a inauguração, a unidade possa beneficiar 166 mil alagoanos, que residem nos municípios de Porto Calvo, Jacuípe, Japaratinga, Maragogi, Matriz do Camaragibe, Porto de Pedras, São Luiz do Quitunde e São Miguel dos Milagres.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com