terça-feira, 25 de setembro de 2018

Notícias

In:

Alguns Santos da Igreja

No mês de junho, há festividades referentes a alguns santos da Igreja. Trata-se de Santo Antônio e São João. Em relação a Santo Antônio, temos a dizer que nasceu em Lisboa (Portugal) e faleceu nos arredores de Pádua (Itália). Daí o aludido santo e conhecido como Santo Antônio de Lisboa e Santo Antônio de Pádua.

 A verdade é que, quando Santo Antônio veio a falecer, até crianças saíram dizendo: Morreu um Santo, morreu Santo Antônio. Com apenas dez meses de falecido, foi canonizado, ou seja, elevado à honra dos altares.

No Brasil e na Itália, há festejos em honra a Santo Antônio, bem como versões que afirmam ser ele muito miraculoso em relação a coisas perdidas. Ainda mais: dizem que ele ajuda as jovens a encontrar seu “príncipe encantado”.

Alguém chegou a dizer: “Mais importante que tudo isso é a caridade para com os necessitados, feito em honra a Santo Antônio, através da instituição conhecida como “Pão de Santo Antônio”, um gesto que perpetua o espírito de caridade para com os pobres”.

Outra referência é em relação a São João. Ele é o único Santo, além de Nossa Senhora, em que se festeja o nascimento. O Evangelho de Lucas lembra a infância de João nestas palavras: “O menino foi crescendo e fortificava-se em espírito, e viveu nos desertos até o dia em que se apresentou diante de Israel”.

 É bom lembrar que João Batista batizou o próprio autor do Batismo, ou seja, o próprio Cristo, ainda que confessasse não ser digno de desatar as sandálias de Jesus. Além do mais, o batismo de João era inferior ao de Cristo.

Convém acentuar que João Batista foi preso, encarcerado e degolado, porque denunciou publicamente o adultério do rei Herodes.

Convém lembrar nos tempos de outrora, a fogueira de São João devia ter a forma arredondada, ou mesmo redonda, expressando a simbologia do círculo. Ainda existem fogueiras que crepitam na festa de São João.

Há no Brasil, muita gente registrada com o nome de João, em homenagem ao Santo homônimo. Há ainda muitas formas de carinho em relação à palavra João. Certa feita, lembrei que tal tratamento tem na gramática o nome hipocorístico. Ei-los: Jango, Janjão, Janguta, Joca, Jangote.

Alguém poderá perguntar: E São Pedro? A resposta pode ser dada assim: Tempos atrás, a celebração de São Pedro era sempre celebrada no dia 29 de junho. Como esse dia não é mais feriado religioso, a celebração a São Pedro e a São Paulo é sempre realizado em um domingo. Diante disso, o próximo domingo, após São João, pode ocorrer até julho como acontece este ano : São Pedro e São Paulo, na liturgia católica é venerado, de modo litúrgico, no dia primeiro de julho neste ano de 2018.

Vamos lembrar algo do muito que se poderia dizer a respeito de São Pedro. Seu nome era Simão, mas, no primeiro encontro com Jesus, ficou com o nome de Pedro que quer dizer pedra, rocha. Em Cesaréia de Filipe, Jesus disse a Pedro: “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja. No mesmo dia de São Pedro, celebra-se também o Apóstolo Paulo. Este começou como perseguidor dos Cristãos, mas depois se tornou um verdadeiro campeão do Evangelho. Paulo e Pedro foram martirizados pelo fato de serem seguidores de Cristo.

 

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com