sábado, 22 de setembro de 2018

Notícias

In:

Aluna do Colégio Tiradentes do Agreste vence concurso de redação dos Correios

Por Redação com Agência Alagoas
Camila de Souza e sua professora de Língua Portuguesa celebram orgulhosas o resultado da dedicação e esforço dispensados nas aulas (Fotos: Arquivo Pessoal)

Camila de Souza e sua professora de Língua Portuguesa celebram orgulhosas o resultado da dedicação e esforço dispensados nas aulas (Fotos: Arquivo Pessoal)

A estudante  Camille de Souza Doarte venceu a etapa estadual do Concurso Internacional de Redação de Cartas, promovido pela União Postal Universal (UPU) e realizado no Brasil pelos Correios. Moradora do munícipio de Limoeiro de Anadia e aluna da 1ª série do ensino médio no Colégio da Polícia Militar de Alagoas Tiradentes – Unidade Agreste (CPM), aos 14 anos, foi a única representante dos colégios militares na primeira colocação, dentre os ganhadores estaduais.

O concurso de redação de cartas dos Correios, em sua 47ª edição, é realizado em três fases: escolar, estadual e nacional. A quarta etapa, fase internacional, fica a cargo da UPU. Para participar do certame as escolas da rede pública e privada selecionam, entre as redações dos alunos com idade até 15 anos, até duas melhores cartas para representá-las, ficando a primeira melhor redação de cada estado na fase nacional, onde é escolhida apenas uma carta que irá representar o Brasil na fase internacional.

O tema deste ano foi “Imagine que você é uma carta que viaja no tempo. Que mensagem você quer deixar para seus leitores?’’. E, para conquistar os jurados, Camille fez uma reflexão sobre os valores morais da sociedade com o passar dos tempos; falou da aflição promovida pela violência urbana, do individualismo e materialismo na humanidade, mas, especialmente, da esperança de dias melhores proporcionados pela educação. Aluna e escola receberão certificados e premiações de R$ 2 mil e R$ 2,5 mil, respectivamente.

A estudante  Camille de Souza Doarte venceu a etapa estadual do Concurso Internacional de Redação de Cartas, promovido pela União Postal Universal (UPU) e realizado no Brasil pelos Correios. Moradora do munícipio de Limoeiro de Anadia e aluna da 1ª série do ensino médio no Colégio da Polícia Militar de Alagoas Tiradentes – Unidade Agreste (CPM), aos 14 anos, foi a única representante dos colégios militares na primeira colocação, dentre os ganhadores estaduais.

O concurso de redação de cartas dos Correios, em sua 47ª edição, é realizado em três fases: escolar, estadual e nacional. A quarta etapa, fase internacional, fica a cargo da UPU. Para participar do certame as escolas da rede pública e privada selecionam, entre as redações dos alunos com idade até 15 anos, até duas melhores cartas para representá-las, ficando a primeira melhor redação de cada estado na fase nacional, onde é escolhida apenas uma carta que irá representar o Brasil na fase internacional.

O tema deste ano foi “Imagine que você é uma carta que viaja no tempo. Que mensagem você quer deixar para seus leitores?’’. E, para conquistar os jurados, Camille fez uma reflexão sobre os valores morais da sociedade com o passar dos tempos; falou da aflição promovida pela violência urbana, do individualismo e materialismo na humanidade, mas, especialmente, da esperança de dias melhores proporcionados pela educação. Aluna e escola receberão certificados e premiações de R$ 2 mil e R$ 2,5 mil, respectivamente.

Arquivo Pessoal

Para a professora Lucely Melo, da disciplina de Língua Portuguesa do CPM Agreste, orientadora da aluna Camille Duarte no concurso de redação, o grande desafio é tornar atrativo o hábito da leitura entre crianças e jovens. “Um bom leitor terá mais facilidade na argumentação e no enriquecimento do debate. A leitura exercita as capacidades de observação, interpretação, síntese e comparação do estudante”, afirmou a educadora.

Segundo o diretor-geral do Colégio Tiradentes, tenente-coronel Carlos Azevedo, a instituição de ensino militar conquistou a primeira colocação diante do segundo e terceiro lugares, representados por escolas da rede privada de ensino.

“Isto reflete a qualidade do trabalho construído pela Família CPM – militares, professores da rede estadual de educação, alunos e familiares, pois o processo educacional exige integração e responsabilidade de todos. A vitória de nossa aluna é a vitória do ensino público fundamentado na hierarquia e disciplina militar, uma vez que Camille é aluna do CPM Agreste desde sua fundação”, declarou o oficial superior.

Compartilhe:
Tags:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com