segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Notícias

In:

IGP-DI para 2018 sobe de 4,50% para 4,52%, diz Focus

O Relatório de Mercado Focus, divulgado nesta manhã de segunda-feira, 30, pelo Banco Central, mostrou que a mediana das projeções do IGP-DI de 2018 passou de 4,50% para 4,52%. Há um mês, estava em 4,40%. No caso de 2019, o IGP-DI projetado permaneceu em 4,25%, ante 4,27% de quatro semanas antes.

Calculados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), os Índices Gerais de Preços (IGPs) são bastante afetados pelo desempenho do dólar e pelos produtos de atacado, em especial os agrícolas.

Outro índice, o IGP-M, que é referência para o reajuste dos contratos de aluguel, foi de 4,59% para 4,78% nas projeções dos analistas para 2018. Quatro levantamentos antes, estava em 4,51%. Para 2019, a projeção passou de 4,40% para 4,44%, ante 4,30% de quatro semanas atrás.

Já a mediana das previsões para o IPC-Fipe de 2018 seguiu em 3,09% no Focus. Um mês antes, a mediana das projeções do mercado para o IPC era de 3,29%. No caso de 2019, a projeção recuou de 4,06% para 4,00%, ante 4,10% de um mês antes.

Superávit comercial

Os economistas do mercado financeiro alteraram a projeção para a balança comercial em 2018 na pesquisa Focus realizada pelo Banco Central. A estimativa de superávit comercial passou de US$ 55,00 bilhões para US$ 56,10 bilhões. Um mês atrás, a previsão estava em US$ 55,00 bilhões. Para 2019, a estimativa de superávit foi de US$ 45,33 bilhões para US$ 45,00 bilhões, ante US$ 45,65 bilhões de um mês antes.

Na estimativa mais recente do BC, o saldo positivo de 2018 ficará em US$ 56 bilhões.

No caso da conta corrente, as previsões contidas no Focus para 2018 mudaram de déficit de US$ 25,15 bilhões para saldo negativo de US$ 25,00 bilhões, ante US$ 25,50 bilhões de quatro semanas antes. Para 2019, a projeção de rombo foi de US$ 38,75 bilhões para US$ 38,58 bilhões. Um mês atrás, o rombo projetado para o próximo ano era de US$ 38,75 bilhões.

Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será mais do que suficiente para cobrir o resultado deficitário, tanto em 2018 quanto em 2019. A mediana das previsões para o IDP em 2018 caiu de US$ 77,50 bilhões para US$ 75,00 bilhões, ante US$ 80,00 bilhões de um mês atrás. Para 2019, a expectativa está em US$ 80,00 bilhões, mesmo valor de uma semana e um mês antes.

Autor: Eduardo Rodrigues
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com