terça-feira, 18 de setembro de 2018

Notícias

In:

Cepa ganhará a primeira base comunitária de segurança escolar do país

Por Redação com Agência Alagoas
PM será uma parceira das escolas do Cepa.  José Demétrio

PM será uma parceira das escolas do Cepa. José Demétrio

Prestes a comemorar seu 25º aniversário no próximo dia 05 de maio, o Batalhão de Polícia Escolar (BPesc) da Polícia Militar de Alagoas, sob o comando do Tenente Coronel Silvestre Soares, é quem presenteará o Centro de Estudos e Pesquisas Aplicadas (Cepa) com a primeira base comunitária de segurança escolar do país.

“Temos contado com todo apoio da Secretaria de Estado da Educação, inclusive na adequação das instalações. Nossa proposta também é formar um conselho, com a participação de todos os segmentos, para integrar este trabalho”, declara o Tenente Coronel, em visita às instalações da base, na manhã da última sexta-feira (13).

Segundo o comandante do BPesc, a Base Comunitária compreenderá o conjunto de ferramentas de segurança pública agindo com e para a comunidade escolar

“O interesse em montar uma base comunitária se apoia no sentido de garantir  que a escola funcione com tranquilidade e com o olhar voltado para a formação de bons cidadãos. Como o próprio nome induz, será um trabalho integrado, com a polícia fazendo o papel da segurança pública com participação da comunidade, mobilizando e envolvendo as pessoas interessadas em atuar em prol do bem comum”, explica Silvestre Soares.

Serviços

A base comunitária de segurança escolar é formada por militares, coordenada pelo Sargento Marrejone. Dentre os serviços prestados estão: a ronda escolar; visitas às escolas, para orientações e monitoramento, inclusive com palestras por meio do Núcleo de Articulação Comunitário Escolar (Nace). Além disto, visa prestar apoio psicológico à comunidade escolar por meio de instituições parceiras e acessibilidade a serviços médicos de urgência.

“O objetivo é conscientizar, por meio destas abordagens e palestras, visando o combate à violência e a promoção da cultura de paz focada nos direitos humanos. Também estamos firmando parcerias com instituições de ensino para prestar este atendimento psicológico e ainda auxiliar em possíveis acidentes, prestando os primeiros socorros, inclusive estamos buscando apoio para contar com o pessoal especializado do Corpo de Bombeiros e Samu”, pontua.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com