quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Notícias

In:

Boxeador Canelo Álvarez é suspenso por seis meses pelo uso de doping

A Comissão Atlética de Nevada anunciou nesta quarta-feira a suspensão por seis meses do mexicano Saúl “Canelo” Álvarez, pelo uso de doping. O boxeador seria punido inicialmente com um ano de gancho, mas, como colaborou com as investigações, teve a pena reduzida pela metade.

Canelo testou positivo para o uso de clenbuterol em teste voluntário antes de sua revanche contra Gennady Golovkin. A punição é retroativa ao primeiro exame em que testou positivo, realizado no dia 17 de fevereiro. Por isso, o mexicano terá condições de entrar no ringue novamente apenas no dia 17 de agosto.

A Golden Boy, empresa promotora de Canelo, atribuiu o resultado adverso do exame ao consumo de carne contaminada. Segundo os representantes do mexicano, a substância foi ingerida graças a um surto de contaminação que afetou dezenas de atletas no México e na China nos últimos anos.

“Apesar da maioria dos esportes, agências internacionais antidoping e comissões de boxe dos Estados Unidos tratarem a contaminação de carne diferentemente de outros testes positivos, Nevada não o faz. Canelo e a Golden Boy respeitam as regras de Nevada e, portanto, estão satisfeitos com o acordo alcançado hoje”, apontou a empresa.

A expectativa inicial era de que Canelo fosse condenado a um ano de suspensão, pena padrão neste tipo de caso. A Comissão Atlética de Nevada, através da diretora Caroline Bateman, no entanto, explicou que o bom comportamento do boxeador e a contribuição com a investigação resultaram na diminuição da sanção.

O doping de Canelo fez com que o aguardado reencontro com Golovkin fosse cancelado. Eles se enfrentariam em 5 de maio em Las Vegas, em luta muito aguardada depois que protagonizaram um combate que terminou empatado no ano passado, pelo título mundial dos pesos-médios.

Canelo estará livre para lutar com Golovkin em setembro e a tendência é que o combate aconteça no fim de semana de 16 de setembro, que é o dia da independência do México. Para isso, o casaque precisa vencer antes Vanes Martirosyan, no combate que foi marcado justamente para o dia 5 de maio.

“Canelo está ansioso para retornar ao ringue em setembro, no fim de semana dia da independência do México, e lutar no que será o maior evento do boxe do ano. Ele está pronto para continuar seu desempenho notável e lutar no mais alto nível”, garantiu a Golden Boy.

Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com