domingo, 23 de setembro de 2018

Notícias

In:

Uneal lança edital de vestibular para o Curso de Licenciatura Indígena 2018

Por Redação com Agência Alagoas

A Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) divulgou, nesta quarta-feira (28), o edital para o vestibular do Curso de Licenciatura Indígena (Clind) 2018. São 280  vagas, divididas proporcionalmente para as treze etnias,  distribuídas nos campi III – Palmeira dos Índios e V – União dos Palmares, para os cursos de Pedagogia, Letras, Geografia, História e Matemática.

O Programa de Apoio à Formação Superior e Licenciaturas Interculturais Indígenas (Prolind) é um programa realizado pelo Ministério da Educação (MEC), numa iniciativa conjunta da Secretaria de Educação a Distância, Alfabetização e Diversidade (Secadi) e da Secretaria de Ensino Superior (Sesu), cujo principal objetivo é apoiar financeiramente cursos de licenciatura especificamente destinados à formação de professores indígenas, por meio de licenciaturas interculturais.

Esta é a segunda ação do gênero no Estado. A Uneal é a primeira Universidade de Alagoas a realizar o programa e já formou oitenta índios. Essa nova edição será operada com recursos do Fundo de Combate à Pobreza de Alagoas  (Fecoep). Serão 280 índios a serem atendidos nas licenciaturas de Pedagogia, Letras, Geografia, História e Matemática para as 13 etnias do Estado.

Desse modo, o reitor Jairo Campos agradece e parabeniza o Governo do Estado pelo investimento e pela credibilidade conferida à Uneal em contribuir com a valorização de povos historicamente excluídos do processo de desenvolvimento do país. “Temos uma dívida enorme com esses povos”, afirmou Campos.

Uneal é a primeira Universidade de Alagoas a realizar o Programa de Apoio à Formação Superior e Licenciaturas Interculturais Indígenas (Foto: Ilustração)

Uneal é a primeira Universidade de Alagoas a realizar o Programa de Apoio à Formação Superior e Licenciaturas Interculturais Indígenas (Foto: Ilustração)

Do mesmo modo, Jairo Campos agradece ao Fórum de Educação Indígena de Alagoas, por meio de seus pajés e caciques pela confiança na Universidade Estadual de Alagoas e pela abertura no diálogo que visa a educação e a compreensão de uma importante fase histórica em Alagoas e no Brasil.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com