quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Notícias

In:

Denunciado, Renato chama procurador do TJD de ‘colorado’ após Grêmio ir à final

Renato Gaúcho acusou o procurador Renan Eduardo Cardoso, que o denunciou, de ser torcedor do Internacional

Renato Gaúcho acusou o procurador Renan Eduardo Cardoso, que o denunciou, de ser torcedor do Internacional

Depois de o Grêmio avançar com tranquilidade à final do Campeonato Gaúcho com um empate por 1 a 1 com o Avenida, em sua arena, na noite desta quarta-feira, o técnico da equipe gremista mostrou que a classificação à decisão do título não aliviou a sua insatisfação com o fato de que está prestes a ser julgado no TJD-RS por causa de uma denúncia contra ele feita pela Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva.

Ao ser questionado sobre o julgamento que o coloca em risco de sofrer uma suspensão que poderá deixá-lo fora do comando da equipe na partida de volta da decisão do Estadual, Renato Gaúcho acusou o procurador Renan Eduardo Cardoso, que o denunciou, de ser torcedor do Internacional e supostamente estar deixando a sua paixão clubística influenciar a decisão de pedir punição ao treinador.

“Eu não tenho culpa se os colorados estão sofrendo com o sucesso do Grêmio. A pessoa que me denunciou é totalmente colorada”, afirmou o comandante, em entrevista coletiva, para depois ser irônico ao citar um famoso reality show ao se referir a Cardoso. “Existe um programa de televisão que se chama Big Brother, no qual dão cinco minutos de fama para algumas pessoas. Se vocês quiserem dar para essa pessoa, deem. Eu não”, reforçou.

Antes de enfrentar o Avenida nas semifinais, o Grêmio eliminou o Inter nas quartas de final do Estadual. E, na última terça-feira, a Procuradoria do TJD-RS protocolou uma denúncia contra o treinador e contra o zagueiro Kannemann após o defensor ter forçado o terceiro cartão amarelo na vitória por 3 a 0 sobre o time de Santa Cruz do Sul, no último domingo, no jogo de ida das semifinais, para poder cumprir suspensão já nesta quarta-feira e não correr o risco de ficar fora de uma das partidas da decisão.

O técnico e o defensor foram enquadrados no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva”. E, em caso de condenação no julgamento que deverá ocorrer na próxima semana, eles podem receber de uma a seis partidas de suspensão.

Renato foi denunciado neste episódio pelo fato de ter admitido que pediu para Kannemann forçar o terceiro cartão amarelo no último domingo. O zagueiro, no caso, acabou sendo punido pela arbitragem após, de maneira proposital, demorar demais para fazer uma cobrança de falta.

Ainda sem saber se Renato e Kannemann serão punidos, o Grêmio disputará o duelo de ida da final do Estadual neste domingo, na sua arena, contra o Brasil de Pelotas, que na outra semifinal da competição eliminou o São José. O confronto de volta da decisão será no dia 8 de abril.

TIME SE POUPOU – Ao comentar o desempenho gremista na noite da última quarta-feira, Renato Gaúcho admitiu que o seu time se poupou um pouco pela boa vantagem que conquistou no primeiro jogo da semifinal, assim como lembrou que o mesmo ocorreu na partida de volta das quartas de final contra o Inter, que terminou com vitória colorada por 2 a 0, no Beira-Rio – na ida, os gremistas ganharam por 3 a 0.

“Foi que nem no Gre-Nal. Com 3 a 0, tem uma boa vantagem, de repente você senta na vantagem. Mas não foi ordem (de Renato para que isso ocorresse). Buscamos a vitória o tempo todo, tivemos mais chances de gols, mas não aproveitamos. O Avenida foi muito bem, tem que dar os parabéns aos jogadores e ao treinador. Em nenhum momento foram desleais. O primeiro tempo foi praticamente ataque contra defesa, fizemos só um gol. No segundo, tiramos o pé do acelerador, até porque tem o desgaste”, admitiu Renato.

Autor:
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com