quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Notícias

In:

ASA tem a vantagem do empate no jogo de volta após vitória sobre Coruripe

Por Redação com Ascom Coruripe
O Hulk Praiano teve mais oportunidades, no primeiro jogo da disputa pelo terceiro lugar, mas não conseguiu vencer o ASA

O Hulk Praiano teve mais oportunidades, no primeiro jogo da disputa pelo terceiro lugar, mas não conseguiu vencer o ASA

O ASA deu um importante passo para garantir a terceira colocação no Campeonato Alagoano de 2018 ao vencer o Coruripe fora de casa. O Hulk Praiano teve até mais oportunidades, no primeiro jogo da disputa pelo terceiro lugar, mas não conseguiu vencer o fantasma e perdeu por 2 x 1, em casa, no Gerson Amaral.

O jogo

Primeiro Tempo

A primeira oportunidade só veio aos 13 minutos, em um cruzamento da direita que Filipe André desperdiçou. Aos 14 minutos Juliano recebeu uma bola dentro da área e bateu forte em diagonal e a meia altura sem chances para o goleiro Rock Alan, e abriu o marcador para o ASA. O Coruripe continuou atacando com Filipe André e Bambam, mas a bola mais perigosa foi um chute forte do volante Roberto que passou muito perto do poste direito do goleiro Dida. Aos 42 minutos Ivan foi buscar um rebote de uma falta batida por Palhinha, o goleiro Dida caiu para defender a bola e o atacante do Coruripe se atirou, o árbitro sergipano Claudionor dos Santos Júnior deu pénalti. Bambam bateu e marcou o gol de empate que foi o resultado do primeiro tempo, 1 x 1.
Segundo Tempo

O ASA não parecia ter pressa e o goleiro Dida demorava na reposição da bola, tomou o cartão amarelo. Os alvinegros atacavam mais, mas sem muito perigo. Já o Coruripe buscava a virada pois o próximo e decisivo jogo será na casa do adversário, alguns chutes de fora da área como do volante Mateus levaram perigo, mas o lance de maior perigo foi quando o zagueiro Moisés recebeu dentro da pequena área virou batendo e o goleiro Dida fez uma defesa corajosa.

Mas foi o ASA quem pulou na frente de novo e conseguiu a vitória em um pênalti, novamente mal marcado pelo árbitro sergipano, após um cruzamento de Chiquinho a bola é chutada a “quima roupa” no ombro e lado do rosto do zagueiro Miosés. O atacante Rômulo bateu rasteira no lado esquerdo de Rock Alan que por pouco não alcançou a bola. Foi aos 43 minutos e estava decretada a vitóra alvinegra por 2 x 1.

A vitória do ASA dá boa vantagem aos alvinegro e dificultou o jogo de volta para o Coruripe que agora precisa vencer por 1 gol de diferença para levar a disputa aos tiros livres da marca penal ou 2 gols ou mais para garantir o terceiro lugar e ganhar a vaga na Copa do Brasil.

Times:
Coruripe: Rock Alan; Renato, Moisés, Edson Veneno(Islan) e Jackson(Clébson); Roberto, Mateus e Palhinha; Filipe André, Ivan(Bahia)
Técnico: Joécio Barbosa

ASA: Dida; Chiquinho Alagoano, Caíque Baiano, Lucas Bahia e Lucas Piauí; Cal, Luiz Gustavo(Coutinho) e Juliano(Jean Carlos) e André Beleza; Caaporã(Isaias) e Rômulo.
Técnico interino: Moisés de Lima

Arbitragem:
Árbitro: Claudionor dos Santos Júnior(CBF-SE)
Aux. 1 – Clésriston Clay B. Rios (CBF-SE)
Aux. 2 – Vaneide Vieir Góis(CBF-SE)
4º Árbitro – José Jaini de Oliveira Bispo(FAF)
5º Árbitro – Benilson dos Santos (FAF)
Analista – Lydia Pollyana Castela(FAF)

O elenco do Coruripe se reapresenta neste domingo, às 15h, e volta a jogar novamente na próxima quarta-feira, às 20h, no Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. Este será o último jogo oficial do Hulk na temporada 2018.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com