sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Notícias

In:

Arapiraca promove Seminário “Boas Práticas de Assistência ao Parto e Nascimento”

Por Redação com Prefeitura de Arapiraca
Fotos: Genival Silva)

Fotos: Genival Silva)

A segunda-feira (12) começou com a socialização de informações para profissionais da enfermagem obstétrica de Arapiraca e de alguns municípios que compõem a 2ª macrorregião de saúde, participantes do Seminário de Boas Práticas de Assistência ao Parto e Nascimento”, realizado no Teatro Hermeto Pascoal, da unidade do Sesc Arapiraca.

O evento, que contou com a parceria da Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde, foi idealizado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Ministério da Saúde. O seminário faz parte da segunda etapa do Curso de Aprimoramento da Enfermagem Obstétrica com Enfoque no Componente Parto e Nascimento da Rede Cegonha. A primeira etapa aconteceu com a imersão profissional no Hospital Sofia Feldman, de Belo Horizonte (MG), referência nacional.

IMG_3268

O objetivo do seminário, segundo a enfermeira obstétrica Ana Paula Lage, responsável técnica de enfermagem do Hospital Sofia Feldman e coordenadora do Curso de Aprimoramento de Enfermeiras Obstétricas, é de socializar as atividades vivenciadas pelos participantes, fomentar o debate crítico sobre as mudanças no modelo assistencial e na prática local, após o curso de aprimoramento.

Representando a secretária Aurélia Fernandes, na abertura do evento, a superintendente de Atenção à Saúde do Município, Josineide Soares da Silva, destacou o trabalho de modernização que vem sendo adotado pela administração municipal. “Práticas, a exemplo deste seminário, contribuem para que tenhamos profissionais desenvolvendo um trabalho diferenciado, comprometido e humanizado”, ressaltou.

IMG_3218

A superintendente ainda citou serviços ofertados pelo município,  relacionados à coordenação de Saúde da Mulher e elogiou a atuação da enfermeira Maria Luíza Bezerra, responsável pela pasta.  Entre os serviços, o Espaço Nascer, destinado ao atendimento de gestantes de alto risco. “Nós temos uma Atenção Básica concreta, que é um referencial. Estamos com 95 % de cobertura, o que nos dá subsídios para trabalhar”, completou.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com