quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Notícias

In:

Vereadores arapiraquenses não marcam presenças e sessão não é realizada

Por Roberto Gonçalves

Após o recesso de final de ano de um período de dois meses os 17 vereadores arapiraquenses não estão motivados para os trabalhos legislativos na cidade mais importante do interior do Estado. A cidade de Arapiraca vem enfrentando sérios e graves problemas com destaque nas áreas as saúde, educação e iluminação pública em todos os bairros.

A sessão ordinária que estava marcada para a noite desta quarta-feira (21), foi prejudicada pela ausência de 11 dos 17 vereadores. Várias matérias que estavam em pauta para discussão e aprovação dos vereadores não foram aprovadas

Por conta disso, não houve o quórum necessário para o início da sessão e os trabalhos foram suspensos, infelizmente deixando frustrados  assessores de vereadores e algumas pessoas que marcaram presenças para acompanharem os trabalhos.

A Câmara de Arapiraca que está sem local definitivo para a realizações dos trabalhos em razão da total falta de manutenção do antigo prédio na Avenida Rio Branco e a não conclusão das adaptações na antiga Escola de Governo, com 17 vereadores sendo 12 da base de sustentação politica do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) e cinco do grupo de oposição.

Compareceram ao auditório do CRIA, na sede provisória, no bairro Santa Edwvirgem  apenas as vereadoras; Graça Lisboa (PDT), presidente da Casa, Gilvânia Barros (MDB), Pastor Marcos Caetano (PTC), Melquisedec Oliveira (PRB), Fabiano Leão (MDB) e Edvânio do Zé Baixinho (PSL). A próxima sessão deve acontecer somente na terça-feira (27) se houver quórum suficiente.

Compartilhe:
Tags:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com