sábado, 20 de outubro de 2018

Notícias

In:

Homem é preso em flagrante por espancar esposa e a manter em cárcere privado

Por Ana Karina

Policiais civis do 86° Distrito Policial (86º DP), comandados pelo delegado Renivaldo Batista, prenderam na noite desta quarta-feira (31), Walison Pereira dos Santos, de 20 anos, conhecido como “Tiririca”, acusado de cárcere privado e inserido na Lei Maria da Penha, no município de São Sebastião.

Os agentes chegaram à residência da vítima, no momento que ela estava sendo agredida fisicamente e oralmente, pelo marido, Walison.

A esposa dele era espancada, ameaçada diariamente, e mantida em cárcere em sua residência. Durante a ação, os agentes observaram que na casa do casal possuía móveis e parede quebrados, riscados e arranhados, por arma branca.

Durante a ação, os policiais visualizaram que o preso estava portando uma faca peixeira, e suspeitaram que ele pretendia executar uma senhora, que é agente de saúde, pois desconfiava que ela o denunciou.

A vítima explicou que estava sendo mantida em cárcere privado há quatro anos, desde que Walison foi morar com ela, e seus quatro filhos, de outro relacionamento. Após ele ter ido residir com ela, uma filha dela de 14 anos, foi residir em São Paulo, porque era assediada pelo acusado. Os policiais suspeitaram que as outras duas filhas também poderiam estar sendo assediadas.

Assim que os policiais prenderam o acusado, conduziram a vítima ao Instituto Médico Legal de Arapiraca, e o médico emitiu o laudo que constou nela hematomas nos braços, antebraços e mandíbula.

De acordo com os levantamentos da PC, o acusado a espancava sem motivos, teve um dia que lhe bateu na nuca e ela não procurou assistência médica e nem o denunciou. Ela também era estuprada, porque não queria manter relações sexuais com ele. Dormia no chão e ele na cama, dizia que iria mata-la todos os dias, ela descreveu”, disse o agente Manuel Lucena, chefe de operações do 86º DP.

No momento que a viatura policial chegou à zona rural do município, receberam denúncias que a moça estava apanhando do marido no Povoado Gado Bravo. “Assim que ela viu nossa viatura correu alegando estar sendo espancada, e fomos imediatamente a sua residência e o prendemos”, concluiu o chefe do 86º DP.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com