segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Notícias

In:

AMA completa 37 anos de municipalismo

Por Assessoria
Hugo Wanderley, de Cacimbinhas é o  atual presidente

Hugo Wanderley, de Cacimbinhas é o atual presidente

A história do municipalismo em Alagoas se confunde com a história da Associação dos Municípios Alagoanos, a AMA, a partir de 1981, com a criação dela. Ontem, sexta-feira (16) a Entidade completou 37 anos com a missão de apoiar e assessorar os prefeitos alagoanos para uma gestão pública eficiente.

Para o atual presidente da AMA, o prefeito Hugo Wanderley, ao longo desses 37 anos a Associação ganhou representatividade nacional e conquistou um espaço político importante. “Através da força da AMA, os municípios já tiveram muitas conquistas que sozinhos não alcançariam”, afirmou.

A AMA foi uma das principais Entidades que, em 1998, deu o pontapé inicial para o início da luta por justiça tributária e mais autonomia política e financeira com a realização da famosa Marcha a Brasília, um marco na história que faz parte do calendário do movimento.

Em Alagoas, as lutas resultaram em obras de infraestrutura e acessibilidade, implantação de programas sociais como cestas nutrizes e, mais recentemente, o plano estadual de resíduos sólidos que, em parceria com municípios, está acabando com os lixões. O Governador do Estado, Renan Filho, destacou que a AMA tem sido uma parceria importante nas conquistas estaduais, levando mais desenvolvimento para os municípios e conhecimento para os gestores.

“A AMA cumpre papel preponderante na defesa dos interesses dos municípios alagoanos. A instituição congrega os gestores, promove o amplo debate de ideias e busca soluções, sempre em prol do desenvolvimento das cidades e do bem-estar de seus moradores. Antes de me tornar governador, fui prefeito e conheço muito bem as dificuldades enfrentadas pelos municípios, sobretudo aqueles menores. Por isso, procuro fazer um Governo eminentemente municipalista para colaborar com as administrações locais e estar mais próximo de quem mais precisa. À AMA, na pessoa do presidente Hugo Wanderley e de todos os seus integrantes, rendo a minha saudação pela passagem do 37° aniversário dessa importante instituição”, afirmou o governador do Estado, Renan Filho.

A AMA também tem sido a grande articuladora junto a bancada federal em defesa da votação de projetos que tramitam na Câmara e Senado para fortalecer os municípios e gerar desenvolvimento. Através do apoio da bancada federal a entidade alcançou a aprovação de projetos importantes como o 1% do FPM nos meses de julho e dezembro, entre outros. Junto aos órgãos de controle atua na promoção de cursos de capacitação e aprimoramento. A equipe técnica trabalha junto aos ministérios no trabalho de divulgação de prazos para captação de recursos e projetos.

Com uma comunicação eficiente, a AMA oferece informação de qualidade através de todas as plataformas e canais existentes, integrando as cidades e os órgãos de comunicação dos municípios.

Como entidade é independente, a AMA é capaz de agregar ideias e promover estratégias para desenvolvimento municipal. Para isso, tem desenvolvido programas dinâmicos garantindo capacitação e atualização nos processos de informação que levem as prefeituras a ter um controle gerencial de atuação identificando diversos órgãos estaduais e federais, geradores de recursos para o fomento ao desenvolvimento e programas sociais, tudo em prol do municipalismo alagoano.

O fundador da AMA, o atual senador Fernando Collor, destacou que a Entidade nasceu como compromisso com municípios. “Sou um municipalista. Em minha trajetória de homem público, tenho apoiado as ações do poder local. Foi com este mesmo sentimento que, em 16 de fevereiro de 1981, fui eleito Presidente-fundador da Associação dos Municípios Alagoanos – AMA. Este compromisso com as cidades está em minha essência. É no município que plantamos nossas raízes e escrevemos a nossa história”, destacou Collor.

A Confederação Nacional de Municípios também reconhece a importância da instituição. “Ao completar 37 anos de existência, a atual diretoria da AMA, tendo à frente o prefeito de Cacimbinhas, Hugo Wanderley, mantém a luta por novas conquistas e uma importante atuação em parceria com a CNM e nas mobilizações e articulações junto ao Congresso Nacional, ao governo federal e ao Judiciário. O trabalho da AMA ao longo desses anos é a certeza de que a união do movimento municipalista é o objetivo prioritário para a conquista da Pauta Municipalista que vamos, juntos, conseguir aprovar.”, afirmou o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.

História

A reunião de criação da AMA foi histórica e dela participaram o então presidente da Associação Brasileira dos Municípios – ABM, Alfredo Hoffmeister, vários deputados e 50 prefeitos. Além da criação do primeiro estatuto, os municípios foram divididos em microregiões e, eleito o primeiro Conselho Diretor, que teve como presidente Fernando Collor e o Conselho Deliberativo, cuja presidência ficou com João Teixeira Cavalcante. Também participaram na presidência do Conselho Diretor, Aloísio Ferreira Melo no Conselho Deliberativo, Celso Rodrigues Rego.

Desde então, a AMA teve outros 13 presidentes, que foram: 1987, Celso Rodrigues Rego ,João Caldas da Silva (1989/1993), Luís Estáquio Toledo Filho (1993/1995), Ronaldo Lessa Santos (1995/1997), José Rafael Torres (interino 1995/1997), Fernando Sérgio Lira Neto (1997/1999), Antônio Avânio Feitosa (1999/2000), Benedito de Lyra (diretor executivo de 22.05.2000 a 16.10.2000), Severiano José F. de Souza (16.10.00 a 16.01.2001), Jorge Silva Dantas (2001/2003), Rosiana Lima Beltrão Siqueira (2003/2006), Jarbas Maya de Omena Filho (2007/2009), Luciano Barbosa (2009/2010), Abrahão Moura (2011), Palmery Neto (2012), Marcelo Beltrão (2013), Jorge Dantas (2014) e Marcelo Beltrão (2015/2016).

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com