quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Adeal descarta presença de praga da manga em Alagoas

Por Redação com Agência Alagoas
Levantamento para verificação da presença da praga do gorgulho da semente da manda foi determinado pelo Mapa.  Ascom Adeal

Levantamento para verificação da presença da praga do gorgulho da semente da manda foi determinado pelo Mapa. Ascom Adeal

Após levantamento fitossanitário realizado em 413 áreas de risco de 20 municípios alagoanos, fiscais da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) não constataram a presença do Gorgulho da Semente da Manga no Estado. Na ação de campo, foram inspecionadas 6.200 plantas e colhidos 21.700 frutos cujas sementes foram cortadas e analisadas para que fosse verificada a presença da larva do gorgulho.

O gorgulho é uma praga quarentenária que consiste em todo organismo de natureza animal e/ou vegetal, que estando presente em outros países ou regiões, mesmo sob controle permanente, constitui ameaça à economia agrícola do país ou região importadora exposta. Tais organismos são geralmente exóticos para esse país ou região e podem ser transportados de um local para outro, auxiliados pelo homem e/ou meios de transporte, por meio do trânsito de plantas, animais ou por frutos e sementes infestadas.

O levantamento fitossanitário foi determinado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) após uma coleta realizada no Rio de Janeiro e analisada pela Embrapa, ter constatado a presença da praga.

“O Brasil exporta manga para os Estados Unidos e, como há uma exigência dessa praga não entrar no País, o Mapa determinou a realização do levantamento para verificar se ela estava ocorrendo em outros estados brasileiros, principalmente no Nordeste, por conta do polo frutífero do Vale do São Francisco. A produção de manga em Alagoas é extrativista. Por isso, foram visitadas áreas de risco situadas próximas a hotéis, praças e rodovias, além de outros locais de aglomeração de pessoas”, afirmou Maria José Rufino, chefe do Núcleo de Defesa Vegetal da Adeal.

Para a realização do trabalho de campo, o Mapa editou uma Nota Técnica determinando que apenas os estados do Nordeste e  os estados de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo fizessem o levantamento fitossanitário para detectar a presença da praga.

O relatório, apontando de não ocorrência da praga do Gorgulho da Semente da Manga em Alagoas, foi enviado para o Ministério da Agricultura.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com