segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Notícias

In:

Unidades de saúde estaduais atendem mais de 4.300 pessoas no feriado do Revéillon

Por Fabiano Di Pace e Davi Salsa, com assessorias

Durante o feriadão do Réveillon as unidades mantidas pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) atenderam 4.333 pacientes. Segundo dados do Setor de Estatística do órgão, o Hospital Geral de Estado (HGE) realizou 1.321 atendimentos, representando ao maior movimentação nos hospitais estaduais.

O maior número de registros foi de casos clínicos, com 839 pacientes atendidos, seguidos de acidentes casuais, com 282. No período, também foram registrados atendimentos a 69 vítimas de acidentes de trânsito e a 50 pessoas agredidas.

Além dos casos atendidos, o maior hospital público de Alagoas autorizou 1.093 altas médicas. “São números que atestam o compromisso e trabalho de toda a equipe multiprofissional das unidades estaduais”, ressaltou o gestor da pasta de saúde, Christian Teixeira.

Ainda durante o feriadão do Revéillon, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) registrou 257 saídas de ambulâncias. Os cinco ambulatórios 24 Horas da capital também contabilizaram 2.346 atendimentos, sendo o Assis Chateaubriand, no bairro Tabuleiro do Martins, o que mais recebeu usuários, totalizando 830.

 O Hemocentro de Alagoas (Hemoal) liberou 27 bolsas de sangue durante o período e, desse total, 15 foram para o HGE, seis para o Hospital Escola Hélvio Auto (HEHA), uma para a Maternidade Escola Santa Mônica e uma para o Hospital do Açúcar. Nesta terça-feira (2), das 300 bolsas de sangue que seriam necessárias, o Hemoal dispõe de apenas 179, o que corresponde a 59% do estoque mínimo.

 Interior

Já em Arapiraca, o Hospital de Emergência Daniel Houly registrou uma redução de mais de 20% nos atendimentos no feriadão deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Do sábado (30) até segunda-feira (1º), foram contabilizados 382 atendimentos.

No mesmo período do ano passado, as equipes prestaram assistência a 504 pacientes. Os acidentes no trânsito foram responsáveis por 172 atendimentos no Réveillon do ano passado e, este ano, foram 108 ocorrências. As colisões e quedas de motos continuam liderando as estatísticas, com 105 atendimentos, contra 161 ocorrências do ano passado. Já em relação às quedas da própria altura, foram atendidos 61 pacientes.

Os ferimentos por arma de fogo somaram dois atendimentos e, por arma branca, foram quatro ocorrências. No ano passado, essas agressões somaram 16 ocorrências. Outros casos que chamaram a atenção foram às mordidas de cão e picadas de escorpião, que contabilizaram 12 atendimentos.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com