terça-feira, 18 de setembro de 2018

Notícias

In:

Justiça nega habeas corpus de acusado de estupro contra criança de 6 anos

Por Assessoria

O desembargador José Carlos Malta Marques, do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), negou o pedido de habeas corpus em favor de Edson da Silva, acusado de estupro de vulnerável contra uma menina de seis anos de idade, no dia 6 de fevereiro de 2017. A decisão está disponível no Diário da Justiça Eletrônico desta quinta-feira (18).

O réu foi preso em flagrante no momento do crime e três dias depois foi convertida em prisão preventiva pelo juiz Luciano Américo Galvão Filho. A audiência de instrução e julgamento estão previstas para ocorrer no dia 20 de fevereiro de 2018, às 12h, na Comarca de Teotônio Vilela.

A defesa de Edson da Silva pediu a liberdade do réu afirmando que a prisão provisória caracteriza constrangimento ilegal por excesso de prazo, já que ele está preso por quase 12 meses.

Segundo o relator do processo, não há elementos suficientes que demonstrem a necessidade da concessão imediata da soltura do réu.

“Deixo de atender o pleito liberatório, pois o suposto excesso de prazo não pode, ou melhor, não deve ser analisado isoladamente, na medida em que os marcos temporais devem ser apreciados em cotejo com a realidade enfrentada no caso concreto (…) sendo necessário ouvir os esclarecimentos que a autoridade possa dar acerca do andamento processual”, disse o desembargador José Carlos Malta Marques.

Compartilhe:
Tags: ,,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com