quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Notícias

In:

Estado entrega Adutora de Estrela de Alagoas e Minador do Negrão nesta quinta-feira (21)

Por Myllena Diniz
Obra beneficia 23 mil pessoas e minimiza os efeitos da estiagem nos municípios contemplados

Obra beneficia 23 mil pessoas e minimiza os efeitos da estiagem nos municípios contemplados

O governador Renan Filho inaugura, nesta quinta-feira (21), às 10h, a nova Adutora de Estrela de Alagoas e Minador do Negrão, que beneficia 23 mil alagoanos com água tratada. A solenidade ocorre na rua Dom Epaminondas, em frente à Escola Estadual Luiz Duarte, em Estrela.

Orçada em R$ 14 milhões, a obra foi executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e soluciona o déficit na distribuição de água dos dois municípios, que, além da dependência de carros-pipas, revezavam o abastecimento entre si, a cada 15 dias.

Um dos principais marcos da nova adutora é a mudança da fonte de captação do sistema – da Barragem da Limeira, afetada pela crise hídrica e com volume inferior à demanda local, para a Barragem do Bálsamo, em Palmeira dos Índios, que antes abastecia apenas o Estado de Pernambuco. “Vamos saltar da captação de 45 para 70 mil litros de água por hora”, declara o secretário de Estado da Infraestrutura, Humberto Carvalho.

Além disso, o sistema passou por melhorias na Estação de Tratamento de Água (ETA), situada em Estrela de Alagoas, e substituição de tubulações existentes, o que representa mais qualidade na água e menos desperdício por vazamento. “Ampliamos a capacidade de tratamento de água de 40 para 60 mil litros por hora, o que representa mais de um milhão de litros de água tratada por dia. Paralelamente, substituímos 5 km da rede, para evitar perdas de água no trajeto até as ligações domiciliares”, ressalta o secretário.

Ao todo, o sistema possui 16 km de rede já em funcionamento. Além disso, outros 16 km estão em fase de conclusão e serão interligados ao município de Igaci. A estrutura foi projetada para atender à demanda das três cidades até os próximos 20 anos, já com a perspectiva de crescimento populacional e variações climáticas.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com