sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Notícias

In:

Justiça estadual faz 18 julgamentos nesta segunda

Por Assessoria

Dando continuidade ao Mês Nacional do Júri, o Poder Judiciário de Alagoas leva a julgamento 18 processos de crimes contra vida, nesta segunda-feira (13), em unidades da capital e do interior. Entre os casos, será julgada Rubinete Belarmino dos Santos, acusada de matar Celso Benedito Alves. Segundo a acusação, a ré havia encomendado a morte do marido à vítima, e teria cometido o crime para não efetuar a segunda parcela do serviço.

De acordo com a denúncia, Celso Benedito foi perseguido por bandidos a mando de Rubinete Belarmino, e quando já tinha sido atingido por um tiro nas costas, entrou em uma casa que estava com a porta aberta, com o objetivo de se proteger, mas não havia ninguém na casa, nem saída na parte dos fundos. Os bandidos entraram e desferiram vários tiros contra a vítima.

A ré teria contratado Celso para, no dia 23 de março de 2011, assassinar seu marido Deraldo Jovino dos Santos, por R$ 10 mil reais. O pagamento seria efetuado em duas parcelas, a primeira logo após a execução e a segunda, em 25 de abril. Para não saldar a segunda parcela, e também apagar qualquer prova de sua participação na morte de seu marido, mandou assassinar a vítima, segundo a acusação.

O crime aconteceu no dia 20 de abril de 2011, por volta das 14h, no bairro Denisson Menezes. O processo tramita na 9ª Vara Criminal da Capital e o júri popular acontecerá às 8h, na faculdade Seune, no Farol.

7ª Vara Criminal da Capital

A 7ª Vara Criminal da Capital leva a júri popular Pedro Gomes da Silva, acusado de matar Lousival Bernardes Rosa e ferir Lourenildo da Silva Rosa com diversos golpes de arma branca, no dia 18 de dezembro de 2006, no bairro Bebedouro. As vítimas seriam sogro e cunhado do acusado, respectivamente, e tentavam impedir que ele batesse em sua mulher. Lousinal Bernardes faleceu dois dias após o crime, no hospital. O julgamento acontece às 8h, no Centro Universitário de Maceió (Cesmac).

8ª Vara Criminal da Capital

Também no Cesmac, no mesmo horário, será julgado Emerson Bento de Souza Júnior, acusado de matar Francismario da Silva, efetuando disparos de arma de fogo, no dia 18 de janeiro de 2012, por volta das 22h40, no Alto da Boa Vista, no bairro Rio Novo. O crime teria sido motivado por uma dívida de tráfico de drogas entre a vítima e o acusado, com quem Franscismario adquiria drogas para revender na comunidade em que morava, conforme diz a denúncia do processo, que tramita na 8ª Vara Criminal.

Matriz do Camaragibe

Às 9h30, no Fórum de Matriz do Camaragibe, Claudiano Lopes dos Santos será levado a júri popular pela morte de Ecilio Eyvid Matias Cordeiro. O crime aconteceu no dia 17 de março de 2005, por volta das 22h30, dentro da igreja quadrangular. Segundo testemunhas, os dois entraram brigando no local, quando o réu teria desferido diversos golpes de faca peixeira contra a vítima.

Mês Nacional do Júri

Os julgamentos fazem parte da programação do Mês Nacional do Júri, no qual estão sendo julgados 133 processos ao longo de novembro, nas unidades da Capital e do interior do estado. A ação é promovida anualmente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Dos 18 júris desta segunda-feira, dez serão realizados no campus de Direito Centro Universitário Cesmac, e cinco na faculdade Seune.

Compartilhe:
Tags:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com