domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias

In:

Val Kilmer é o novo acusado de abuso

Por MSN
Caitlin O’Heaney e Val Kilmer

Caitlin O’Heaney e Val Kilmer

Parece que se abriu a Caixa de Pandora de Hollywood, e agora não param de surgir histórias de abuso, dos mais diferentes matizes, de produtores, diretores e atores contra atrizes. Estrela da antiga série de TV Tales of the Gold Monkey, Caitlin O’Heaney disse ao Buzzfeed americano que levou um soco do galã Val Kilmer durante um teste para o filmeThe Doors, que seria dirigido por Oliver Stone. O diretor, segundo ela, presenciou a cena e se limitou a rir. Depois, para calar a atriz e evitar problemas no lançamento do longa, a produção ofereceu um acordo de confidencialidade a ela, que receberia 24.500 de dólares — cerca de 49.000 de dólares em valores atualizados — e permaneceria quase trinta anos em silêncio.

A cena do teste, para fazer a protagonista feminina de Doors, previa uma discussão verbal, mas, de acordo com a atriz, a querela de repente descambou para o plano físico. “Quando eu cheguei à sala, Val Kilmer me pegou e me apertou, me jogando no chão”, contou ela ao Buzzfeed americano, afirmando que levou um soco do ator. “Stone ficou de pé lá o tempo todo, rindo.”

Caitlin O’Heaney disse ter resolvido romper o silêncio agora, que muitas mulheres estão fazendo denúncias, porque se sente mais segura e quer contribuir para mostrar como a indústria do entretenimento usa acordos de confidencialidade como mordaças para mulheres. Ela também disse ter recebido apenas 8.000 dólares do valor previsto no acordo, devido ao pagamento de impostos. Apesar disso, permaneceu calada, situação que a deixava desconfortável.

Ouvido pela reportagem, Norman Oberstein, o advogado que representou Kilmer e Stone na época, disse que tudo não passou de um “acidente de trabalho”.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com