quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Notícias

In:

Manual de Cuidados com a Criança com Fenda Oral é lançado na Bienal

Por Redação com Agência Alagoas
Manual é um instrumento técnico para que profissionais e responsáveis possam auxiliar as crianças antes da cirurgia corretiva (Fotos: Carla Cleto)

Manual é um instrumento técnico para que profissionais e responsáveis possam auxiliar as crianças antes da cirurgia corretiva (Fotos: Carla Cleto)

Produzido para auxiliar os profissionais e pais no cuidado com crianças com fendas orais, em fase pré-cirúrgica, foi lançado nesse sábado (7), o Manual de Cuidados de Saúde e Alimentação da Criança com Fenda Oral. O manuscrito foi apresentado na 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, que ocorre no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Jaraguá, pela coordenadora da pesquisa, professora Isabela Monlleó.

A pesquisadora explicou que a obra é uma produção de pesquisadoras da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) junto à equipe do Núcleo de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e faz parte do Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (PPSUS).

“O manual faz parte do projeto de pesquisa que trata das fendas orais em Alagoas e é um instrumento técnico para que profissionais e responsáveis possam auxiliar as crianças com essa característica antes da cirurgia corretiva”, destacou Isabela.

(Fotos: Carla Cleto)

O manual será distribuído gratuitamente nos municípios onde estão sendo realizadas as pesquisas. “É preciso abraçar este desafio e auxiliar aqueles que lidam diretamente com essas crianças sobre a melhor forma de lidar com o problema, especialmente em questões como alimentação”, frisou a professora.

A assessora técnica do setor de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), Fátima Lima, lembrou que o PPSUS tem se destacado como um fomentador de conhecimento dentro da assistência pública de saúde.

(Fotos: Carla Cleto)

“O programa, financiado em parceria entre as gestões estadual e federal, financia projetos que possuam aplicações diretas no SUS. Ver o resultado prático de pesquisas como a capitaneada pela professora Isabela é gratificante e representa uma evolução na assistência e cuidado com a infância em Alagoas”, reforçou Fátima.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com