quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2019

Notícias

In:

Ronaldo contra o muro

Por Redação com Record

Pouco mais de nove meses depois, Borussia Dortmund e Real Madrid voltam a defrontar-se na Liga dos Campeões e, no Signal Iduna Park, Ronaldo tem vivido noites agridoces. Marcou sempre naquele palco – 3 golos em 3 jogos – mas… nunca de lá saiu vencedor. Ainda assim, não deixa de ser um teste para a muralha amarela que Peter Bosz erigiu na defesa, a qual só sofreu um golo em 6 jornadas de Bundesliga e precisamente no domingo último. O trio BBC não marca há dois jogos seguidos – Benzema está lesionado – mas isso não deixa Bosz descansado.

“Não estou de acordo [que o ataque do Real esteja fraco]. O Cristiano ainda não jogou muito esta época mas é extraordinário e pode sempre marcar golos. O mesmo se passa com os restantes avançados do Real. Não há diferenças entre o ataque deles e o nosso”, disse o técnico de uma equipa que fez 14 golos nos últimos três jogos oficiais.

Já Zidane espera que este seja o jogo do reencontro do ataque com os golos. “Oxalá. Sempre disse que o importante é criar ocasiões de golo. Mas se falhas, não podes estar muito contente. Amanhã [hoje] é um bom cenário para tentar mudar isso. Nunca ganhámos lá e esse é o nosso objetivo”, afirmou o técnico francês do Real Madrid. E ainda dentro do tema Ronaldo, até Carvajal resolveu motivar o português: “Ninguém duvida dele. É um espetáculo em cada treino e as ocasiões acabarão por dar golo pois surgem constantemente.”

“Não é um teste”

Bosz espera manter o registo do Dortmund em casa frente ao Real – três vitórias e três empates – mas faz elogios ao bicampeão europeu. “Não é um teste. Estamos em boa forma e este tipo de jogos motiva-nos. Ver jogar o Real Madrid deixa-me alegre. Jogam bom futebol sobretudo desde que Zidane chegou. E as equipas espanholas têm dominado a Europa, sobretudo o Barça, Real e Atlético. Têm um nível muito elevado”, disse, desvalorizando as baixas de Marcelo, Kovacic e Benzema nesta 2ª ronda do Grupo H: “O Real não está vulnerável. Nós também temos ausências mas praticamos o nosso futebol.”

Casemiro à… Makelele

Zidane confirmou a disponibilidade de Kroos e equiparou Casemiro a… Makelele e Deschamps: “Sim, podem comparar-se. É um jogador que dá equilíbrio à defesa e ataque, faz o mesmo trabalho que eles os dois. E não é surpresa.”

Compartilhe:
Tags:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com