quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Notícias

In:

Julgamento de ação penal contra João Beltrão é adiado pela segunda vez

Por Redação com G1 AL

O julgamento que analisaria a denúncia do Ministério Público de Alagoas (MP-AL) contra o deputado estadual licenciado João Beltrão (PRTB), acusado de ser o mandante do assassinato do cabo José Gonçalves da Silva Filho, em maio de 1996, foi adiado pela segunda vez. Ele estava previsto para esta terça-feira (26), mas não aconteceu por falta de quórum.

O caso seria julgado no dia 12 deste mês, mas foi adiado devido à uma viagem pré-agendada por Beltrão. Deveriam ser oito desembargadores aptos a votar, ou seja, sem condição de impedimento. Porém, só havia sete. O processo deve ser analisado no dia 17 de outubro.

O deputado estadual João Beltrão foi acusado pelo MP de ser o autor intelectual do homicídio qualificado que vitimou o cabo Gonçalves, ocorrido no dia 9 de maio de 1996, por volta das 11h, na pista do Auto Posto Veloz, situado às margens da avenida Menino Marcelo, em Maceió.

O procurador-geral de justiça do Ministério Público de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, vai exercer o papel de acusação na ação penal.

Outro processo

Beltrão também está respondendo por ser apontado pelo Ministério Público como mandante da morte de Dimas Holanda, em 1997.

Por esse caso, Beltrão iria a julgamento em março deste ano, mas a sessão foi suspensa por falta de quórum.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com