quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Sesau promove blitz para incentivar o aleitamento materno

Por Redação com Agência Alagoas
Blitz foi promovida pela Sesau para incentivar a amamentação exclusiva até o sexto mês de vida. Anderson Moreira

Blitz foi promovida pela Sesau para incentivar a amamentação exclusiva até o sexto mês de vida. Anderson Moreira

Em alusão ao Agosto Dourado e à 25º Semana Mundial de Aleitamento Materno, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) promoveu uma blitz para incentivar a amamentação exclusiva até o sexto mês de vida. A ação aconteceu estrategicamente em frente à Maternidade Escola Santa Mônica (MESM), no bairro do Poço, em Maceió, e teve o apoio de acadêmicos da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) e do Centro Universitário Cesmac.

Na oportunidade, motoristas, motociclistas e transeuntes foram abordados e receberam orientações, por meio de panfletos e outros materiais educativos, de como incentivar a amamentação exclusiva até o sexto mês de vida do bebê. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que, no Brasil, somente 38,6% dos bebês brasileiros se alimentam exclusivamente com o leite da mãe nos primeiros 5 meses de vida.

Assim que o sinal parou, Warner de Lima Santos, 30 anos, pai de dois filhos, foi abordado por um estudante e não hesitou em destacar a criatividade da iniciativa. “É uma forma de mostrar que a amamentação é uma das experiências mais incríveis da maternidade e não há dúvidas sobre a grande importância do leite materno para a saúde do bebê”, destacou.

De acordo com a presidente da Comissão da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC), Edjane Cabral de Biase, a proposta foi fazer com que o tema fosse discutido e disseminado para que informações importantes cheguem a todos. “A amamentação não deve ser só papel da mãe, mas de toda a comunidade”, disse.

Já Edla Maria Santos, enfermeira da Supervisão da Mulher, Criança e Adolescente da Sesau, ressaltou que o leite materno é considerado o melhor alimento para os bebês, por possuir inúmeros benefícios essenciais para a vida do recém-nascido. Isso porque, ele contém todos os nutrientes necessários para que o bebê cresça saudável, sem que seja necessário qualquer outro tipo de alimentação antes dos seis meses de vida, ajudando no aumento da imunidade, na diminuição dos riscos a alergias e no combate à anemia.

“Os benefícios não é só para o bebê, a mãe, inclusive, também é favorecida com uma recuperação do útero, diminuindo o risco de hemorragia e anemia após o parto. A amamentação ainda ajuda na redução do peso e minimiza o risco de ela desenvolver câncer de mama e de ovário”, afirmou.

Agosto Dourado

A Semana Mundial de Aleitamento Materno é uma estratégia idealizada pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno (Waba), sigla em inglês. Ela foi iniciada em 1922, e oficialmente, é celebrada de 1 a 7 de agosto. A cada ano, é trabalhado um tema diferente, que foque na sobrevivência, proteção e desenvolvimento da criança.

O “Agosto Dourado” é uma extensão da Semana Mundial de Aleitamento Materno e simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. É uma cor toda especial, que já percorre o mundo com o seu laço simbólico. De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Laço Dourado é, em si, uma maneira de promover o valor da amamentação para a sociedade.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com