terça-feira, 20 de novembro de 2018

Notícias

In:

HGE, UE do Agreste e Samu atendem mais de 4.700 pessoas

Por Redação com SESAU

Resolutividade. Essa tem sido a sensação dos alagoanos que diariamente procuram os serviços de urgência e emergência mantidos pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). A prova está nos 4.755 atendimentos realizados na última semana pelo Hospital Geral do Estado (HGE), Unidade de Emergência do Agreste e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), inclusive de casos que seriam de responsabilidade da Atenção Básica, gerenciada pelos municípios.

Para se ter ideia, dos 4.755 atendimentos realizados ao longo da última semana pelos três serviços de urgência e emergência da Sesau, 2.067 foram casos clínicos, cuja assistência foi prestada pelo HGE. Esses pacientes deveriam, segundo a supervisora médica da unidade, Janaína Gouveia, receber atendimento nos postos de saúde dos municípios, uma vez que sofrem de patologias que foram agravadas pela falta de assistência na Atenção Básica.

Como exemplos estão os pacientes acometidos por ferimentos no pé, em decorrência da diabetes que não foi bem tratada. “Os números mostram que o HGE é a solução de todas as pessoas acometidas por algum tipo de patologia. É um hospital que dispõe dos melhores profissionais e no qual as pessoas sabem que irão encontrar atendimento, que as portas nunca estarão fechadas, mesmo que o número de leitos já esteja preenchido”, salientou Janaína Gouveia.

Atendimentos – Ainda com relação aos atendimentos, o HGE realizou 2.704 dos 4.755 contabilizados pelas unidades de urgência e emergência na última semana. Do total de pacientes, 2.067 foram vítimas de casos clínicos, 412 de acidentes casuais e 103 que se envolveram em acidentes de trânsito. Também foram atendidas 57 vítimas de acidentes de trabalho, 47 agredidas por arma branca e de fogo e 12 que sofreram queimaduras.

Já na Unidade de Emergência do Agreste, registraram-se 734 atendimentos de segunda-feira (17) até o domingo (23). Conforme relatório divulgado pelo Núcleo de Processamento de Dados (NPD), os casos que mais chamaram a atenção foram os atendimentos a 150 pessoas vítimas de quedas da própria altura e de 148 pessoas vítimas de quedas e colisões de motos.

O hospital também registrou nove atendimentos de pessoas vítimas de agressão com arma de fogo e três vítimas de agressão com arma branca. Também foram contabilizados 23 atendimentos a pessoas picadas por escorpião e 15 por mordida de cachorro. Dos 734 pacientes que deram entrada na Unidade de Emergência do Agreste, neste período, 694 receberam alta médica e 39 continuam internados e em observação médica.

Samu – O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou 1.317 atendimentos na última semana, sendo 694 orientações médicas e 623 presenciais. Ao todo, foram recebidas 10.892 ligações telefônicas, das quais, 6.981 foram trotes.

Os atendimentos a vítimas de trânsito foram 148 casos, sendo 74 em Maceió e 74 em Arapiraca. Já os relacionados à arma de fogo, foram sete em Maceió e seis em Arapiraca e os atendimentos que tiveram como causa a arma branca, foram 10 na capital e dois em Arapiraca.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com