quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Notícias

In:

Convênio com Santa Rita será assinado sem a cobrança da taxa, afirma Julio Cezar

Por Redação com Assessoria

20170719160043__MG_0211-01O prefeito Júlio Cezar continua as tratativas de reabertura das portas do Hospital Regional Santa Rita para a população. Ontem (20), ele se reuniu com o provedor do Hospital Santa Rita Pedro Gaia e os mordomos Sebastião Lessa e Emílio Silva, quando foram discutidas as possibilidades de o Hospital voltar a prestar atendimento aos palmeirenses e moradores de regiões vizinhas, de forma gratuita.

Uma das promessas de campanha de Júlio Cezar foi a reabertura definitiva das portas do Santa Rita, que mesmo sendo mantido integralmente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), cobra para atender à clientela. Na reunião, o prefeito pediu que além da reabertura da urgência e emergência, o Hospital também disponibilize médicos especialistas, como pediatra e cardiologista, além de cirurgiões para realizar procedimentos de pequeno e médio portes, com atendimento 24 horas por dia.

O provedor do da unidade hospitalar Pedro Gaia disse que o Hospital está vendo com bons olhos as propostas do prefeito. Para ele, o relacionamento com o governo ganha mais força e há grandes possibilidades de as reivindicações serem atendidas. “Estamos conversando e abrindo o leque para a melhoria da saúde em Palmeira. Vamos ser parceiros e atender o que nos foi pedido pelo prefeito, dentro das possibilidades do Hospital. Vamos conversar com os cirurgiões, avaliar as propostas e semana que vem iremos nos reunir novamente para chegarmos a um acordo”, declarou.

Mas, para o prefeito Júlio Cezar, a população não pode esperar pois saúde é uma necessidade de extrema importância. “Não tem mais o que esperar. Estamos conversando, negociando e vendo a melhor forma de abrir de vez as portas do Santa Rita. É muito importante o acesso da população aos serviços de saúde que o Hospital oferece. É preciso que tenhamos mais médicos especialistas, como pediatra e cardiologista, atendendo vinte e quatro horas por dia no local”, destacou o prefeito.

E continuou. “Outra coisa super importante é que os procedimentos cirúrgicos de pequeno e médio portes também sejam realizados aqui mesmo, sem que os nossos pacientes precisem sair para Arapiraca ou Maceió, em busca de atendimento. Estamos falando de saúde e de vida, e com isso precisamos ter muito cuidado. Voltaremos a conversar mas acredito que desta vez a vontade do povo vai prevalecer”, afirmou o prefeito.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com