segunda-feira, 25 de Março de 2019

Notícias

In:

Ao renunciar ao cargo de líder, Renan deixa um recado ao povo de Alagoas: “não trairei os trabalhadores e aposentados”

Por Redação com site do senador Renan
O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

Ao anunciar oficialmente que estava deixando a liderança do PMDB no Senado Federal, na última quarta-feira, 28, o senador Renan Calheiros deixou clara sua indignação com a maneira como o presidente da República, Michel Temer, vem conduzindo os rumos do País. “Não aceito servir de marionete para o governo, sendo pressionado a votar reformas contra os trabalhadores. Liberto-me do cargo de líder do partido para trabalhar com independência e  evitar que os erros deste governo sacrifiquem os mais pobres. Ficarei ao lado da sociedade civil, que é o lado mais frágil”, justificou.

No Plenário do Senado, Renan prosseguiu: “Agradeço aos meus pares, dizendo que procurei exercer o cargo com a dignidade merecida. Reitero o que já dito em outro momento, que não concordaria jamais em líder do PMDB para atuar contra os trabalhadores e os estados mais pobres”.

Renan deixou uma mensagem especial aos alagoanos. “Ao povo de Alagoas, comunico que estou me libertando de uma âncora pesada e injusta e que não trairei os trabalhadores e os aposentados. Para isso eu fui eleito. Significaria ceder à exigência de um presidente que trata o partido como um departamento do poder executivo”, concluiu.

O senador declarou, ainda, que não “detesta” Michel Temer, mas não “tolera” a postura “covarde” do presidente de “desmonte” das leis trabalhistas.

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com