quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notícias

In:

Acusados de matar reeducando dentro de presídio vão a júri nesta quarta (21)

Por Redação com TJ/AL

A 9ª Vara Criminal de Maceió leva a júri popular nesta quarta-feira (21), às 8h, os réus José Milton Justino de Alcântara, Alexsandro Alves e Jefferson Luiz da Silva, acusados de envolvimento na morte do reeducando David Cerqueira Vieira. O crime ocorreu em uma das celas do Presídio Cyridião Durval, em janeiro de 2009.

    De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP/AL), José Milton e Alexsandro, juntamente com outros detentos, asfixiaram David Cerqueira, conhecido como Bolota, nas dependências do módulo G6 do presídio. Conforme apurado na investigação, o planejamento do crime teve início após a ida de Jefferson Luiz, soldado da Polícia Militar, à unidade prisional.

    Ele teria relatado a agentes penitenciários os fatos criminosos praticados por David, incluindo o assassinato de seu cunhado e as ameaças à sua família. Buscando aplicar um “castigo” à vítima, os agentes o transferiram para o módulo G6.

    O reeducando teria pedido para voltar ao módulo que ocupava anteriormente e no qual se sentia mais seguro. Todas as solicitações, no entanto, foram negadas.

    Ainda segundo a denúncia, o meio usado pelos executores causou sofrimento desnecessário e cruel à vítima, ocasionando um padecimento extremamente sofrido. Durante as investigações, Jefferson confessou envolvimento no crime. Disse que chegou a pagar R$ 1 mil para obter a colaboração dos agentes penitenciários.

    O julgamento será realizado no Fórum do Barro Duro e terá à frente o juiz John Silas da Silva.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com