quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Notícias

In:

UE do Agreste prepara equipes para coleta de sangue no apoio ao Hemoar

Por Redação com Agência Alagoas
Policiais buscam reduzir índice de homicídios na região do 1º BPM (Foto: Hágata Christye/G1)

Policiais buscam reduzir índice de homicídios na região do 1º BPM (Foto: Hágata Christye/G1)

Órgãos se unem para aumentar a captação de doadores e aumentar estoque de sangue do Hemoar. (Fotos: Carla Cleto)

Órgãos se unem para aumentar a captação de doadores e aumentar estoque de sangue do Hemoar. (Fotos: Carla Cleto)

Fortalecer a parceria e ampliar a coleta de sangue em todo o Agreste e Sertão de Alagoas. Para alcançar este objetivo, gerentes, médicos e enfermeiros da Unidade de Emergência do Agreste e do Hemocentro Regional de Arapiraca (Hemoar) se reuniram nesta quinta-feira (9), no Núcleo de Educação Permanente (NEP), em Arapiraca.

A convite da gerente-geral da Unidade de Emergência do Agreste, médica Regiluce Santos, a reunião interinstitucional contou com a presença da assistente social Ruth Neide Barbosa e da biomédica Fernanda Paes Barreto, do Hemoar. Durante o encontro foram alinhadas as ações, com o propósito de buscar novas formas de aumentar a captação de doadores de sangue.

O Hemoar é um órgão ligado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e atende todos os municípios do Agreste e Sertão. Ao todo são 14 hospitais, cinco deles somente em Arapiraca. Durante a reunião ficou definido que haverá um treinamento específico para a abordagem dos potenciais doadores e a efetiva coleta.

As equipes da Unidade de Emergência do Agreste ficarão encarregadas de abordar os familiares e acompanhantes no trabalho de sensibilização para a doação de sangue. A coordenadora do setor de coleta de sangue do Hemoar, assistente social Ruth Neide Barbosa, revelou que o estoque do banco de sangue é considerado adequado, no momento, mas adiantou que o hemocentro não consegue suprir a demanda para a tipologia negativa, a exemplo do AB negativo que, atualmente, não tem estoque satisfatório.

Ela adiantou que, para suprir essa carência, a equipe está buscando pessoas com o tipo O negativo, que é o doador universal. “A parceria com a UE do Agreste é para que a gente possa manter esse estoque adequado, visando atender a população dessas cidades, com as coletas externas a partir do mês de abril”, acrescentou a assistente social do Hemoar.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com