domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias

In:

Sesau vai pedir providências ao governo federal, após morte de macaco por febre amarela em Maceió

Por Redação com Assessoria
Secretário Christian Teixeira vai agendar reunião com representantes do Ministério da Saúde, em Brasília (Foto: alagoas24horas)

Secretário Christian Teixeira vai agendar reunião com representantes do Ministério da Saúde, em Brasília (Foto: alagoas24horas)

 

Secretário Christian Teixeira vai agendar reunião com representantes do Ministério da Saúde, em Brasília (Foto: alagoas24horas)

Secretário Christian Teixeira vai agendar reunião com representantes do Ministério da Saúde, em Brasília (Foto: alagoas24horas)

O secretário de Estado da Saúde de Alagoas, Christian Teixeira, informou, nesta quarta-feira, 29, que, até o fim de semana, estará reunido com representantes do governo federal, para pedir providências, após a constatação de que um macaco morreu vítima de febre amarela, em uma mata de Maceió.

Através de uma nota, a Sesau/AL adiantou que, apesar de não haver  registro de casos de febre amarela em humanos no Estado de Alagoas, “foi detectado o vírus da doença em um primata encontrado morto no mês de setembro de 2016, pelo centro de controle de zoonoses de Maceió, em região de matas do bairro do Tabuleiro do Martins”.

Na mesma nota, a Sesau diz que este fato não é motivo para que a população entre em pânico, “uma vez que primatas, apesar de contraírem a doença, não a transmitem a humanos”. De qualquer forma, como medida preventiva, a Sesau diz que está monitorando o caso e adotando as ações que forem recomendadas pelo Ministério da Saúde.

Até agora, a recomendação da vacina contra febre amarela é apenas para quem irá viajar para regiões endêmicas, o que não é o caso de Alagoas.

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com