terça-feira, 15 de outubro de 2019

Notícias

In:

Algás reforça compromisso com o desenvolvimento de Alagoas

Por Redação com Agência Alagoas
Presente em quase todos os bairros de Maceió, a Companhia ampliou em cerca de 10% as unidades residenciais e o número de indústrias interligadas à sua rede. Foto: Ascom/Algas

Presente em quase todos os bairros de Maceió, a Companhia ampliou em cerca de 10% as unidades residenciais e o número de indústrias interligadas à sua rede. Foto: Ascom/Algas

Crescimento mesmo diante da crise. Foi assim que a distribuidora alagoana de gás natural de Alagoas, a Algás, fechou o ano de 2016. De acordo com o Relatório de Administração, divulgado na última semana, a Companhia apresentou crescimento mercadológico e reforçou o compromisso de investir em Alagoas.

Uma das marcas que demonstra o desempenho na Companhia é o seu número de clientes. Em 2016, a Algás alcançou 44.703 usuários, consumindo 624 mil m³/dia, o que representa um crescimento de 10,1% do número de clientes e um aumento de 2,4 % em relação ao volume médio das vendas de 2015.

O adensamento e o avanço territorial da rede de distribuição de gás natural também mereçam destaque. O investimento em obras de expansão da rede de gás canalizado, de melhorias do sistema de distribuição e demais projetos de suporte foi de R$ 24,8 milhões.

Presente em quase todos os bairros de Maceió, a Companhia ampliou em cerca de 10% as unidades residenciais e o número de indústrias interligadas à sua rede. Já no setor comercial, a Algás acresceu à sua rede 35 novos clientes, ampliando em 8,9% o volume do gás natural comercializado para este segmento.

O mercado do gás natural veicular (GNV) também obteve um crescimento expressivo, fechando o ano com a comercialização de 81 mil m³/dia. Para a Algás, a retomada desse mercado está diretamente relacionada com a economia proporcionada pelo GNV frente aos combustíveis líquidos.

“Saímos de 28 de dezembro de 2015 para 31 de dezembro de 2016 na busca de uma maior diversificação do volume comercializado pela Companhia em mercados ainda em desenvolvimento. Além dos atributos do gás natural como conforto, segurança e por ser um combustível fóssil mais limpo, o cenário energético instável e a alta dos outros combustíveis nos proporcionou a prospecção de novos clientes”, pontuou o diretor presidente da Algás, Arnóbio Cavalcanti.

Perspectivas e desafios

Entre as novas metas da Companhia, o Balanço aponta que a Algás pretende aumentar o seu volume de vendas, buscando alcançar 700 mil m³/dia até dezembro de 2021.

“Para isso acontecer, é necessária a busca pela diversificação dos mercados consumidores, como o segmento de geração e cogeração de energia elétrica, aliada à ampliação da rede de fornecimento e o processo de interiorização”, projeta o diretor técnico e comercial da Companhia, Flávio Barros.

Além disso, serão investidos R$ 76,9 milhões nos próximos cinco anos, principalmente no adensamento da rede de dutos por Alagoas, o que inclui a construção do novo Gasoduto Penedo – Arapiraca e duplicação do Gasoduto Pilar – Marechal Deodoro.

Modelo organizacional

Para a Algás, que é uma empresa de economia mista e tem como acionistas o Estado de Alagoas, a Gaspetro e a Mitsui Gás e Energia do Brasil, oseu bom desempenho é fruto de um modelo de gestão eficiente que favorece a produtividade organizacional e a busca por efetivos resultados mercadológicos.
“A integração entre os acionistas da Companhia, o foco no desenvolvimento humano da equipe e a busca pela melhoria e inovação dos processos de gestão fazem da Algás uma empresa que está sempre pronta para contribuir com o desenvolvimento sustentável de Alagoas”, destaca Arnóbio.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com