terça-feira, 20 de novembro de 2018

Notícias

In:

Bolsa Família repassa R$ 73 milhões para Alagoas em janeiro

Por Petrônio Viana

O primeiro repasse do programa Bolsa Família para Alagoas em 2017 somou R$ 73.004.203,00. O benefício federal para o mês de janeiro começou a ser liberado na quarta-feira (18) e atende 394.627 famílias em situação de pobreza e extrema pobreza em todo o Estado.

Exibindo Bolsa Família_Div1.jpg

Em 2016, o total repassado pelo Governo Federal a Alagoas por meio do Bolsa Família chegou a R$ 853.968.339,00. Em dezembro do ano passado, o repasse foi de R$ 74.168.706,00 para 396.054 beneficiários.

O secretário de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Fernando Pereira, destacou a importância social e econômica do Bolsa Família para Alagoas. “Esse é um benefício fundamental para as famílias em situação de vulnerabilidade. É ele que garante o alimento de milhares de alagoanos e aquece a economia dos municípios”, disse Pereira.

A coordenadora estadual do Bolsa Família, Maria José Cardoso, lembrou que a queda registrada no número de beneficiários do programa é uma tendência nacional, decorrente dos processos de Averiguação e Revisão Cadastral realizados pelo Governo Federal.

“Em dezembro, conseguimos incluir mais 6.691 famílias que estavam na fila de espera. Em janeiro, como houve mudança nas gestões municipais, esse ritmo caiu um pouco, mas deverá ser retomado a partir de fevereiro. Esse é um processo natural do programa, para que possamos otimizar seu rendimento em Alagoas e em todo país”, explicou a coordenadora.

O secretário Fernando Pereira também ressaltou o papel da fiscalização para a boa aplicação dos recursos federais. “Estamos trabalhando para que esse repasse chegue a quem realmente precisa, incluindo as famílias que estão na fila de espera no lugar de quem está deixando o programa”, disse.

A média dos repasses por beneficiário do Bolsa Família em Alagoas é de R$ 180,00. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), o programa beneficiou 13,5 milhões de pessoas em janeiro, com um repasse total de R$ 2,4 bilhões.

Revisão Cadastral

 

Em maio de 2016, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário e a Caixa Econômica Federal (CEF) iniciaram a convocação, por meio de correspondência e de mensagens nos extratos bancários emitidos no ato do recebimento do beneficio, dos beneficiários do Bolsa Família que não atualizaram seus dados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) nos últimos dois anos para realizar a Revisão Cadastral, que acontece anualmente dentro das rotinas do programa do Governo Federal.

As famílias incluídas no Grupo 7 da Revisão Cadastral, cujo prazo foi encerrado em novembro, e no Grupo 8, cujo prazo foi encerrado no dia 16 dezembro, devem procurar as coordenações municipais do programa até os dias 17 de fevereiro e 17 de março de 2017, respectivamente, para informar as alterações necessárias e evitar que o benefício seja cancelado.

As famílias que matricularam as crianças em uma nova escola no ano letivo de 2017 também devem solicitar a alteração dos dados no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico), nas coordenações municipais do Bolsa Família.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com