domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias

In:

Polícia Civil de Alagoas recebe mais 895 coletes e 42 fuzis

Por Redação com Agência Alagoas
Aquisição deste novo lote permitirá que cada policial civil tenha seu próprio colete(Fotos: Ascom/Polícia Civil)

Aquisição deste novo lote permitirá que cada policial civil tenha seu próprio colete(Fotos: Ascom/Polícia Civil)

A Polícia Civil de Alagoas recebeu, nesta sexta-feira (9), mais um lote contendo 895 novos coletes balísticos (à prova de balas), completando um total de 1.395, adquiridos com recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública (Funesp). Outros 622 coletes, que estão sendo doados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça, chegarão ainda este mês.

Com isso, segundo o delegado-geral Paulo Cerqueira, a Polícia Civil começa a pôr em prática a meta perseguida pela instituição há algum tempo que é ter disponível colete para cada policial, com acautelamento individualizado. No total, estão sendo adquiridos 2.022 novos coletes.

Inicialmente, a previsão da chegada era para o final do mês de dezembro, mas o delegado-geral solicitou à Gerência de Estatística e Informática (Geinfo), departamento responsável pelo controle da carga bélica e do material de proteção pessoal da instituição, que agilizasse os procedimentos para a chegada do material.

A Geinfo informou que, na próxima semana, divulgará a forma como os coletes serão entregues aos policiais.

“Atingir um quantitativo de coletes para todos os membros da instituição era um sonho antigo que, graças ao esforço das equipes da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública, e o empenho do Governo do Estado, que não tem medido esforços para garantir a tranquilidade dos alagoanos, será alcançado até o final de 2016”, completou Paulo Cerqueira.

Na quarta-feira (7), a Polícia Civil também recebeu 42 fuzis, sendo dois para atiradores snipers; 20, do tipo ParaFal, calibre 7,62mm, e outros 20, do tipo IA2, todos fabricados pela Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel).

O delegado-geral disse ainda que a Polícia Civil está comprando também 670 pistolas, o que permitirá que cada policial tenha uma arma acautelada para o trabalho diário.

Um primeiro lote de 300 armas, marca Taurus, modelo PT 940, adquiridas com recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública (Funesp), representando investimento de R$ 683.583,00, já chegou.

Na próxima semana, os policiais civis Ednildo Macena da Silva e Wellington da Silva Figueiredo, membros da Comissão de Avaliação e Modernização de Material Bélico da PC, criada por meio de portaria do delegado-geral, irão à sede da fábrica Taurus, no Rio Grande do Sul, com o objetivo de realizar e acompanhar testes em mais 370 pistolas, como também dos seus respectivos carregadores, que estão sendo adquiridos.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com